Renata Ribeiro

13 de novembro de 2016.

Olá!! Quero testemunhar o início da minha vitória. Sou casada há 13 anos e, nos últimos meses, eu e meu esposo brigávamos muito. No momento de raiva, terminamos, mas continuamos morando juntos. Até que no dia 20 de fevereiro, ele disse que logo sairia de casa, pois queria ser feliz.
 

Passado um mês, descobri que ele estava já com outra pessoa. Fiquei com muita raiva e pedi para que saísse de casa, pois ele já tinha feito a escolha dele. Senti no meu coração em orar pelo meu casamento, pois tinham me dito que aquilo que Deus une ninguém separa. Tomei posse da palavra e comecei uma campanha. Orava, jejuava… Como trabalho de noite, ele tinha que vir dormir com nossos filhos. Um certo dia, ele me mandou uma mensagem, perguntando “Posso voltar?”. Respondi meio assustada: “O quê?”.

 

Assim que cheguei em casa, quando fui descansar, ele me abraçou dizendo que tinha errado, que me amava.

 

Então aceitei seu retorno. Só que a outra mulher não aceitou a situação, e desde abril, ela ficava atormentando nossa vida, fazendo chantagem e fazendo com que ele ficasse confuso e se arrependesse de ter voltado para casa.

 

Sei que essa batalha será longa, mas tenho Jesus, como meu general. Em nenhum momento deixei de acreditar no meu casamento. Estou em oração constante e tenho certeza de que minha vitória será grande.

 

Agradeço a Deus pela existência deste Ministério, do Pr. Fernando, que muito tem me ajudado.

Priscila dos Reis

13 de novembro de 2016.

Irmãos, que alegria!!

Nem acredito que hoje é o meu dia de testemunhar a restauração do meu casamento. Parecia que seria impossível, mas, quem disse que o nosso Deus conhece a palavra impossível?
Casei-me com 21 anos e meu marido foi o meu 1º namorado.

 

Orei durante 9 anos de minha vida para que Deus preparasse aquele que seria o meu esposo e que me desse um homem de Deus e cheio do Espírito Santo.

 

Nunca fiquei com nenhum menino durante minha adolescência e juventude, pois confiava que Deus me traria a pessoa certa na hora certa.

 

Vi Deus me livrar de rapazes que eu gostava. Orava, procurava estar próxima dos rapazes e nada acontecia. Depois de um tempo via os tais rapazes aprontando.

Então glorificava a Deus pelo livramento.

 

Quando fiz 19 anos, pedi a Deus que me desse de presente àquele que seria o meu esposo. Dois dias depois, eu e meu esposo começamos a namorar e dois anos depois nos casamos.

Vivíamos muito bem. Tínhamos problemas e discussões como qualquer casal, mas estávamos sempre juntos e tínhamos uma cumplicidade incrível.

Sempre íamos juntos à igreja. Orávamos e jejuávamos juntos em casa.

 

Começamos a fazer a obra de Deus com mais força. Meu esposo foi consagrado e logo se tornou um destaque na igreja. Éramos o casal perfeito, (e éramos mesmo), não era máscara.

Começamos a prosperar também financeiramente. Deus abriu as portas para meu
esposo em uma excelente empresa e rapidamente cresceu.

Para mim também Deus abriu as portas em uma excelente empresa.

Compramos um carro e planejávamos comprar nossa casa e ter nosso 1º filho.

Tudo ótimo até que começou a luta.

 

Em um dia comum, meu marido chegou do serviço e disse que não ia mais à igreja e foi embora de casa, assim, do nada.

Fiquei sem chão, sem ar, sem saber o que fazer.

 

Comecei a chorar e, graças a Deus, tive a “consciência” de ir orar e contar tudo para Deus.
Chorei muito. Não aceitava perdeu meu esposo para o diabo.

Meu marido não queria me ver e nem falar comigo. Estava bebendo, fumando e saiu com O. M. Perdeu nosso carro e o emprego também.

Não entendia o motivo daquilo. Dizia para Deus o porquê dessa situação, já que orei e esperei nEle a minha juventude toda para me casar.

Eu estava na casa de meus pais chorando, orando e jejuando. Emagreci 8 quilos e foi a única coisa boa que aconteceu neste tempo.

Deus falava muito comigo através de versículos e pregações.

Não queria desistir do meu casamento, mas tinha horas que parecia que Deus não via minha dor. Um dia veio em minha mente assim:

- Escolha o dia que você quer que ele volte.

Pensei que era coisa da minha cabeça e disse :

- Qualquer dia!

- Qualquer dia? Perguntou-me.

- Então pode ser no dia 20 de março.

Pensei que era minha mente falando comigo e nem dei confiança.

Não disse a data que tinha falado com Deus em voz alta.

Fiz um propósito de Deus me trazer meu esposo até esta data, se fosse da vontade Dele a restauração de nosso casamento e disse que, se não acontecesse nada até esta data, desistiria de orar e de buscar pelo meu marido.

Nestes muitos meses, tive algumas notícias boas e milhares de ruins. Parecia que nunca ia acabar.
Meu marido não se comunicou nenhuma vez comigo. Algumas vezes tentava ligar, mas ele desligava o telefone. Parecia que tinha raiva de mim.

Mas eu não tinha feito nada contra ele.

 

Certo dia, orei repreendendo toda ação de satanás na vida do meu marido e pedi a Deus que fechasse todas as portas que foram abertas e que acampasse com os anjos ao redor do meu esposo para que nenhuma seta o atingisse. Pedi ainda que Deus tomasse conta da mente dele e que o fizesse ter nojo de tudo aquilo que desagrada a Deus.

Depois deste dia comecei a receber notícias boas.

Mas nada mudou entrou nós. Ele ainda não se comunicava comigo.

Foi então que chegou dia 19 de março. Até então nada tinha acontecido.

Orei de noite e chorei muito, clamando a Deus para que o milagre acontecesse, senão eu iria desistir, pois não aguentava mais a saudade do meu marido.

No dia 20 de março, fui trabalhar e meu celular tocou.

Sabe quem era? Ele mesmo, meu lindo esposo me ligou pedindo perdão, chorando feito criança, dizendo que não se esqueceu de mim e que me amava. Disse que Deus falou com ele aquela manhã e ele ligou para mim.

Fiquei, nem sei como descrever como fiquei…

Nossa, Deus é muito fiel!!!!

No dia em que eu tinha falado com DEUS que queria que meu esposo voltasse (mas lembra que pensei que era minha mente falando comigo). Descobri que, na verdade, era o Espírito Santo).
DEUS restaurou meu lar e vai restaurar o seu também!!

Creia nEle! DEUS NÃO FALHA!!!

Pegue o meu testemunho para ver que Deus não conhece o impossível.

Não desista de lutar!! É muito difícil, mas a vitória com JESUS é sempre certa.

 

Priscila dos Reis.

Edleusa Mattos

13 de novembro de 2016.

Agradeço a Deus por Ele ser maravilhoso.


Hoje aconteceu um milagre em minha vida: passei a noite inteira tentando ficar com meu esposo Alberto e ele me evitando. Chorei, mas orei a Deus para Ele me transformar e fazer na minha vida a Sua vontade e não a minha. E dormi. Acordei com meu esposo me chamando para arrumar nossas filhas para irem à escola. Ainda assim pedi para fazer amor com ele. Ele se negou porque estava envolvido com outra mulher. Mas eu o amo muito e não quis perder meu esposo.

 

Fui trabalhar e no meu serviço busquei no computador algo que me ajudasse a aliviar aquela dor tão grande que estava sentindo. Foi quando encontrei este Ministério maravilhoso. Fiz uma oração para trazer o amor dele de volta, acabar com aquele adultério.

Orei duas vezes seguidas. Nelas, pedia que ele me ligasse. Mas aconteceu melhor. Depois de meia hora ele veio no meu serviço me pedindo para voltar para casa.

 

Fiquei feliz e surpresa, mas não pude ir imediatamente porque estava no trabalho. Olhei nos olhos dele e agradeci a Deus. Meu casamento, enfim, foi restaurado, para a glória de DEUS.

Priscila Prado

13 de novembro de 2016.

Eu quero dizer aqueles que estão passando por dificuldade que não desistam, pois somos filhos do Rei, Aquele que faz o impossível se tornar possível.

 

O Senhor diz em Sua Palavra que o melhor desta terra é dos seus herdeiros, que somos nós. A Sua Palavra também diz que se seguirmos a Deus de todo o nosso coração, o mais Ele fará. O Senhor é conosco! Por essa fidelidade, o Senhor resolveu um problema que para mim não tinha mais solução.

Ele também te dará vitória!

Não desistam! Para nós pode ser impossível, mas para Ele é muito simples. Perseverem! O nosso Deus trabalha em silêncio. Vocês não estão sozinhos (as). Creiam nEle! Entreguem seus caminhos a Ele.

 

Assim como Deus resolveu meu problema e me deu vitória lhe dará também. Perseverem só mais um pouquinho. Ele está logo a sua direita com a sua bênção nas mãos.
Bem, mas nem tudo foram flores. Esses últimos dias para mim foram o maior inferno. Nós temos uma casa financiada pela Caixa. Por circunstâncias financeiras, quase perdemos a nossa residência. Chegamos ao ponto de receber a intimação de que se não pagássemos até determinada data, teríamos que sair da nossa casa, pois já tinha ido para o Judiciário. Se passasse daquele dia, não teríamos mais como pagar mesmo. A credora não mais aceitaria, por causa do regulamento das prestações, pois teria passado o prazo do acertamento permitido.
Passei verdadeiro terror esses dias, com medo de perder o meu lar. Mas depois de orar muito, pedir a Deus, mesmo sem merecer, Ele nos atendeu. Meu marido contou com a ajuda de um amigo, que lhe arrumou um serviço em sua casa e nos passou parte do dinheiro e o restante era para completarmos com a rescisão do emprego. Mas, ainda assim, o dinheiro não era o suficiente. Houve um dia em que passamos a tarde correndo atrás, tentando em todas as portas, mas sem êxito. Até que Deus tocou no coração do mesmo amigo, que arrumou o serviço para o meu esposo e adiantou o dinheiro que era para entrar só semana que vem.

 

Deus é fiel, mostrando que, mesmo que não sejamos fiéis com Ele, Deus é misericordioso.
Praticamente, a nossa casa foi devolvida para nós. Por isso, digo: mesmo que as coisas estejam difíceis, o Senhor está do nosso lado para nos ajudar, amparar e nos amar, quando tudo parece que já não tenha sentido.

O Senhor sempre nos surpreende mostrando que Ele é Deus, que nenhuma folha cai sem sua permissão.
 

A nossa casa foi presente dEle e ninguém pode nos tirar, pois a Sua Palavra diz que “a porta que Deus abre homem nenhum pode fechar”.

Sou imensamente grata ao Senhor dos Exércitos pela grande vitória de hoje. Se não fosse sua mão para nos amparar, talvez já não tivesse mais um lar maravilhoso.

Seja louvado o Senhor, Todo Poderoso, digno de honra e de toda a glória.

 

Casamento restaurado e casa devolvida. Tudo para a glória de Deus! Amém.

André de Oliveira

03 de outubro de 2016.

Deus é Deus de reconciliação.

 

Que a paz de nosso Senhor Jesus Cristo repousem em cada vida que leem esse testemunho!

 

Sei que para alguns não têm sido dias de paz como para mim também não foi, mas para a edificação e fortalecimento da fé de todos que acreditam nesse Deus de reconciliação e Deus que ama as famílias, escrevo esse testemunho.

 

Meu namoro e noivado foi um relacionamento conforme os padrões do Reino e bíblico sem fornicação, mas era um relacionamento conturbado na questão temperamental de ambos. Deus já havia me confirmado pela Palavra, em Provérbios 19:14, que Thais seria minha esposa. Caminhei com essa promessa e continuo crendo nela até que a morte nos separe, mas confesso que chegaram dias que não acreditei, pois eu passei por um deserto onde muitas das vezes quis resolver as coisas com minhas próprias forças.

 

Casei-me em 31 de janeiro de 2016 e no dia 11 de de abril ela ja estava saindo de casa, pois eu em um momento de ira a deferi um soco no rosto, pois estávamos em nosso limite e sem estrutura espiritual para sermos um casal abençoado. No nosso lar não havia oração leitura e meditação da Palavra de Deus e nem amor e submissão. Foi aí que o inimigo de nossas almas com a ajuda de seres caídos e pecadores que somos, investiu na destruição de mais um casamento: o meu. Vindo de pais divorciados, mesmo assim eu não aceitava a situação já que minha esposa havia saído de casa e depois de um mês quis o divorcio, mas fui para o joelho. A partir das orações, encontrei o Ministério Restaurando Famílias para Cristo, onde o Pastor Fernando César, homem limitado, mas separado por Deus para essa grande missão, me ajudou.

 

Foi bem difícil para mim, mas me posicionei rápido, pois eu já conhecia o Ministério, para a glória de Deus, uns 5 anos atrás. Antes mesmo de conhecer minha esposa, Deus já estava me mostrando o propósito e vontade dEle. Lia e relia os testemunhos, estudos e até conversei com o Pastor Fernando pelo telefone e fui acompanhado diariamente por ele. Cheguei também a fazer parte do grupo de homens repudiados do Ministério (pelo WhatsApp), onde fui bem fortalecido com pessoas que negam a si mesmas pela vontade do Senhor em sua Palavra. Foram dias de dificuldades, tristezas e desânimo, mas Deus me fortalecia quando eu estava fraco. O diabo inventou várias mentiras contra mim para até mesmo eu não sentir digno de minha própria vida, mas eu já havia sido comprado por preço de sangue o sangue de Cristo que morreu por mim e pelas famílias, o qual Ele sustenta se nos rendermos a Ele. Enfim, conversei com uma irmã que me ajudou em oração e Deus já havia me mostrado em sonho que essa mesma irmã iria ser um instrumento de ajuda para a restauração de meu casamento, mas eu não acreditei muito, pois minha esposa estava muito dura e amargurada por tudo que havia acontecido conosco. Eu e outras pessoas tentávamos contato, mas isso não era possível nem por parte dela nem dos pais, não havia possibilidade de nada, pois Deus iria ter o tempo dEle para trabalhar em nós.

 

Foi quando me posicionei como o pastor Fernando Cesar nos orienta: nem nas datas comemorativas devemos entrar em contato com os cônjuges. No dia 10 de agosto, foi aniversário de minha esposa, mas eu coloquei minha fé em pratica e falei a Deus que eu iria deixar Ele trabalhar, pois eu não queria ser plateia do inimigo, sendo humilhado e confrontado.

 

E Deus me honrou, irmãos, pois, a partir desse momento, Deus começou a trabalhar no coração dela e com ajuda e aconselhamento da irmã do sonho. Ela começou a ser quebrantada pela vontade de nosso Senhor. Quando foi no dia 20 de agosto, eu liguei para minha esposa para questioná-la a respeito de alguns assuntos e até mesmo da casa que temos juntos, então percebi que até o tom de sua voz estava mudado e então aproveitei a oportunidade de pedir uma conversa. Para minha surpresa, ela aceitou. Quando foi na segunda-feira, dia 22, ela me ligou e nos encontramos e ela aceitou tentar recomeçar com a Graça de Deus, pois reconhecemos que nos afastamos da presença dEle e tínhamos nos tornado egoístas e independentes do Seu Espírito.

 

Restabelecemos o contato nos primeiros dias de nossa conversa, mas tínhamos receio dos pais dela, pois ficaram bem aborrecidos com o que havia acontecido e não queriam a restauração. Mas foi aí que decidimos colocá-los em oração e, digo que nesse dia 10 de setembro, Deus me deu a oportunidade de me reconciliar com meu sogro e dias antes me reconciliar com minha sogra, Deus já estava na frente de tudo.

 

Hoje digo aos irmãos que não desistam e entreguem a situação a Deus de todo o coração e se submetam a Sua vontade, pois a vontade dEle é fiel e perfeita a todos nos e nossas famílias. Nunca desistam! Ele foi, Ele é e continuará sendo o Deus do impossível.

 

Hoje, em forma de gratidão a Ele e ao Pastor Fernando como instrumento de fortalecimento e aconselhamento, dedico este testemunho. Creio que não há outro chamado mais valioso que o da restauração familiar. Por isso, peço ao pastor Fernando que, apesar das grandes lutas que enfrenta, não desista de suas ovelhas, pois o senhor verdadeiramente nos trata como um verdadeiro pastor deve agir: na admoestação da verdade.

 

Deus é fiel! Nunca desistam de suas famílias, pois Ele nunca desistiu de nós e Sua aliança está firmada para todo sempre.

 

André.

Sérgio Alberto

03 de outubro de 2016.

A restauração familiar aconteceu comigo e pode acontecer com você.

 

Amados, venho testemunhar o que Deus fez na minha vida e no meio da minha família. A palavra de Deus diz: "Pois não podemos deixar de falar das coisas que vimos e ouvimos"( At 4.20). Nosso Deus é o mesmo. Ele não mudou, continua salvando, curando, libertando e restaurando.

 

Casei em 1992. Dessa nossa união, Deus nos abençoou com dois filhos: o Lucas, hoje com 21 anos e a Laís, com 17 anos. Éramos uma família feliz, admirados onde morávamos. Aos domingos, levávamos nossos filhos à igreja. Por onde passávamos, as pessoas achavam nossa família bonita. Após o nascimento da nossa filha, minha esposa, Vera, desenvolveu um quadro depressivo, tinha alucinações, pesadelos, visões e cenas de ciúmes insuportáveis. Não aceitava tomar remédios por conta das reações, o quadro foi se agravando, chegando ao ponto de ficar insuportável conviver a dois. A situação piorou, por conta das discussões. Saí de casa com as crianças até ela aceitar o tratamento e ficar mais calma. Durante esse período, ela foi retirada de casa às forças, foi levada ao médico, onde diagnosticaram esquizofrenia.

 

Eu não queria me separar. A intenção em deixar a casa com as crianças era fazer com ele aceitasse o tratamento para ter uma vida normal. Por não haver acordo mútuo, entrei com pedido de guarda das crianças sendo a sentença favorável a mim até haver aceitação do tratamento. Instruída pelo advogado, a Vera solicitou o divorcio.

 

Amados, está foi a pior parte da nossa história. Só sabe a dor, o sofrimento que o divorcio causa, quem viveu essa situação. É terrível para o casal e os filhos. Causa danos irreparáveis. Só Deus é quem pode cuidar e tratar as feridas causadas pelo divorcio. Deus odeia o divorcio! Em Malaquias 2.16 diz: "Por que o Senhor Deus de Israel diz que odeia o repudio". Deus odeia o divorcio porque é contra seu plano para a família, cruel para a esposa rejeitada e injusto para os filhos.

 

Durante o tempo que passamos separados, enfrentamos lutas, provações e muita investidas do inimigo. Enfrentei desemprego, assédio; nosso filho se envolveu com drogas, travamos uma luta com o inimigo através da oração e jejum. Nosso Deus está nos céus, Ele não dorme. Quando vinha a vontade de desistir, o remédio era louvar, orar e ler a Sua Palavra. O Senhor falava para mim: "Não temas que Eu sou contigo!”. Fazia promessas de restauração e renovo para nossa família. Deus trabalhou na vida da Vera, fez ela reconhecer que era necessário tomar a medicação para o controle da doença.

 

Em 2015, aconteceu um Congresso da Família em nossa igreja com o tema “Reconstruindo os muros da família”. O Senhor havia falado que estaria operando grandes coisas nos três dia de congresso. Uma semana antes, Deus falou para mim que estaria restituindo a minha família. Toda a nossa família estava presente no Congresso. Foi tremendo! Deus falou aos nossos corações e, no final, o Senhor falou que estava restaurando famílias, renovando o amor eros de casal que há muito tempo estava quebrado. Nossa família foi a primeira a ir à frente chorando. Naquele momento, Deus estava tratando, sarando cicatrizes e nos unindo. O Senhor nos deu casa nova, emprego novo e nos abençoou com a chegada do nosso primeiro netinho, do filho do Lucas.

 

Amados, o nosso Deus é o mesmo, Ele não mudou. O Senhor nos deu a vitória porque esperamos, confiamos nele. No dia 30 de janeiro de 2016, estávamos diante do nosso Deus para renovarmos mais uma vez a aliança que havia sido quebrada. Foi uma noite de celebração ao nosso Deus, toda a igreja se alegrou e glorificou a Ele digno de toda honra e louvor. Em Salmo 32.10, lemos: "Aquele que confia no Senhor a misericórdia o assistirá”. Confie no Deus misericordioso! Não importa o que satanás tente, ele não conseguirá prevalecer contra nós por causa de Jesus Cristo. Vá com ousadia para as batalhas espirituais que você tem de enfrentar, sabendo que Deus dará sua vitória. O Senhor dará a vitória no tempo determinado. Eu esperei 11 anos pela restauração do meu casamento. Deus é o Senhor do tempo e não nós. Precisamos agir, lutar e buscar, mas o tempo é do Senhor, o soberano. Precisamos saber que Deus nos ama e sabe o que está fazendo, Ele nos toma pela mão e vai à nossa frente, pois tem um plano para nós. O que temos de fazer é esperar nEle e termos paciência porque, quando chegar a hora e o Senhor decidir agir ninguém será capaz de impedi-LO. “Agindo Deus, quem impedirá?”.

 

Louvamos a Deus porque tudo se fez novo! A glória da segunda casa tem sido maior que a da primeira. A Deus toda honra, glória e todo louvor.

Ane

03 de outubro de 2016.

Venho aqui para dar esperanças a todos que sofrem com a separação e dizer que para tudo tem um propósito. Eu não aprendi com o amor. Foi preciso a dor para me modificar.

 

Pensei que tinha uma família perfeita, um casamento perfeito, e uma casa dos sonhos. Tínhamos tudo, mas faltava o principal: DEUS. Hoje Deus é o meu alicerce. E no meio de tanta decepção descobri que meu marido não é perfeito,assim como eu também não sou. Ele é humano e perfeito somente o Pai.

 

Sofri com a traição, cheguei ao fundo do poço, e quando todos falavam para eu desistir da minha família, eu clamava ao Senhor, dizia para Ele que assim como Ele, eu também odiava o divórcio. Pedia para Ele me ensinar a perdoar meu marido. Doeu, como doeu, e ainda dói. Mas Deus tudo pode. Chorei dias e noites, me sentia traída, abandonada, rejeitada e envergonhada com tudo.

Como dói ver a pessoa que amamos com outro alguém! A pessoa perde a pessoa, machuca demais. Mas Deus é fiel e nunca vai destruir uma família para formar outra.

 

Hoje estou aqui para agradecer. Voltamos há poucas semanas. E tudo está muito melhor que antes. Agora eu tenho Deus. As coisas não de tornam mais fáceis, Deus nos torna fortes. O ciúme e a insegurança ainda tomam conta de mim, medo de ele pensar nela. Mas sei que Deus está do meu lado. E sei também que não posso mudar o passado, mas podemos construir uma nova história.

 

Louvem a Deus na alegria e no sofrimento!

Andreia Oliveira

01 de setembro de 2016.

A Paz, Pastor Fernando!

 

Que benção saber que tantas famílias estão sendo restauradas, para honra e glória de Deus.


O meu casamento também foi restaurado, pastor.

 

Meu marido estava fora de casa fazia quatro meses, até já tinha uma namorada, mas eu não aceitei essa situação e me entreguei a Deus, clamei muito e chorava muito. Deus ouviu meu clamor.


 

Quantas vezes li os testemunhos no seu Ministério e ficava pensando que comigo seria assim também. Como Deus é bom e justo!!

 

Tenho um filho de 1 ano e 10 meses, que também me dava forças a cada dia. Fiz muitas campanhas com esse propósito de restauração do meu casamento.

Faz um mês hoje que estamos juntos novamente. Até nos mudamos para outra cidade para começarmos uma vida nova e com Jesus.

 

Estamos muito bem e felizes, graças a Deus. No último dia 09 agora meu marido entregou a vida dele a Jesus. Fiquei maravilhada com tudo isso que Deus está fazendo.


Agradeço a todo instante pelas lutas que passamos. Se não fossem elas, nada disso teria acontecido. Depois da luta, Deus nos dá a vitória… Glórias a Deus!!

 

Amém.
 

Um grande abraço, pastor Fernando. Obrigada por tudo!

Que Deus continue te abençoando muito…

Fabiana Andrade

01 de setembro de 2016.

Olá! Meu nome é Fabiana e queria compartilhar o meu testemunho com muita alegria.

 

Quero falar de um DEUS tão grande, que não se pode medir. DEUS restaurou meu casamento! Eu achava que não tinha mais jeito, pois para mim era impossível. Mas DEUS quando falar, ELE cumpri. Meu marido me abandonou, foi morar com outra mulher. Tudo foi muito difícil para mim. Meu chão caiu. Foi nesse instante que começou meu deserto. Fui para a presença de DEUS.

 

Falava para DEUS que não tinha jeito, mas, mesmo assim, DEUS restaurou minha família. Cheguei, inclusive, a me divorciar. Fiquei separada quatro anos do meu marido, mas DEUS me deu a vitória.

 

Hoje casei de novo com o meu marido. Esse segundo casamento com o mesmo marido é especial. DEUS falava muito comigo nesse tempo de prova. Pensei em desistir de tudo; sofria muito por causa da amante dele ter que vir buscar os meus filhos com ele na minha casa. Eu ficava muito mal, chorava muito. Depois, meu filho mais velho foi morar com eles e isso acabou comigo.

 

Meu marido estava cego e apaixonado por essa mulher. Foi muita luta, mas DEUS me renovava, renovava a minha fé. Eu jejuava, buscava o Senhor, orava todos os dias.

 

Hoje DEUS me deu uma vitória muito grande. Agradeço também ao Senhor pela existência desse Ministério do Pr. Fernando, que me ajudou bastante na minha caminhada no deserto.

 

Assim, digo a todos os irmãos: NÃO DESISTAM DO SEU CASAMENTO!

Fernanda

01 de setembro de 2016.

Bom dia, irmãos!

 

Venho dar meu testemunho de milagre a vocês. Vou tentar ser breve. Sou casada há 7 anos e, durante esse período, passei por uma traição muito dolorida por parte do meu marido. O mesmo dizia não me amar mais, porém não desisti de lutar. Isso há 4 anos atrás. Entrei para o templo, busquei a Deus pela dor. Em 4 meses, Deus restaurou meu casamento. Porém, depois de um certo período, eu comecei a trair o meu marido achando que isso faria de mim melhor, com o ego elevado.

 

Durante anos, trai meu marido até que este ano, chegou o tempo de Deus na minha vida. Mais uma vez me resgatou. Engravidei, com diferença de 2 dias, entre uma noite com meu marido e uma noite com outro homem. Deus foi tão misericordioso que pensei em tirar o filho. Apareceu uma amiga que não permitiu. Voltei a ser igreja e, em um domingo, me arrependi de todos os pecados cometidos e pedi a Deus pela minha família que não queria destruí-la.

 

Estava entendendo que era um presente de Deus para a minha vida. Nesse dia iniciei o dom de falar em línguas. De lá para cá, o diabo vem tentando me acusar em mente pelas coisas que fiz. Mas estou protegida e a cada estou me firmando mais na presença do Senhor. Ele tem usado os homens para me seduzir e fazer cair em tentação. Maior é o meu firmamento com Cristo agora. Meu esposo, no começo, não aceitou bem a gravidez. Mas, hoje, a cada dia vejo Deus trabalhar no oculto sobre o coração dele.

 

Encontrei o site deste Ministério e não poderia deixar de relatar o que Deus tem feito comigo. Estou mudando e, agora sim, posso começar a interceder pela minha casa. Pois primeiro precisamos mudar para querer que Deus mude alguém.

 

Irmãos não desistam de lutar. As lutas são necessárias e, muitas vezes, permitidas por Deus para o nosso próprio bem. ELE não desistiu de mim, eu poderia ter perdido minha família e ter me separado e casado com um desses homens que me ofereçam de tudo: amor, carinho, sexo, atenção. Mas nenhum deles faria por mim tudo que meu marido já fez até hoje. Do jeito dele.

 

Assim foi a vontade de Deus e eu entendi que ELE, sim, é o meu grande presente de vida nessa terra. Agora tenho uma família. Meu filho está prestes a nascer e Deus me confirmou, por diversas vezes, através de pastores, orações, sonhos que esse filho é a restauração do nosso lar, a minha mudança e a mudança do meu esposo.

 

Amém!!! Fiquem com Deus.

Cláudia Nicoletti

01 de agosto de 2016.

A paz, irmãos!

Hoje é um dia muito feliz para mim.

Por muitas vezes eu entrei no site deste Ministério para confortar a minha dor através dos estudos do Pr. Fernando César. E, hoje, é com muita emoção que eu entro para colocar o meu testemunho.

 

Só Deus sabe o quanto eu lutei para estar aqui hoje. Resisti às tentações e deixei Deus me moldar. Preferi o acompanhamento diário, à obediência e à submissão, ao invés de fazer as coisas pela minha própria carne. Foi dolorido, mas louvado seja Deus, pois graças a essa atitude de Deus de me colocar no deserto. Hoje eu sou uma esposa sábia (aprendi tudo isso no deserto com o pastor na Palavra), e, agora, posso colocar em prática porque meu marido voltou pra casa para honra e glória do nosso Deus.

 

E o melhor de tudo: estou mais perto de Deus e posso dizer que sou íntima dEle e Ele é meu amigo de todas as horas. Por isso eu peço a vocês que não desistam de seus cônjuges, porque vai valer a pena. O melhor de Deus ainda está por vir. Creiam no Deus que realiza o impossível, perseverem e façam a vontade de Deus que a vitória é certa, em nome de Jesus.
 

Depois de cinco anos de casados, meu marido decidiu ir embora de casa. Sofri durante 7 meses. Meu marido conheceu outra mulher e disse que não voltaria para casa. Mal ia ver a nossa filha de 1 aninho.

 

Muitos me diziam para desistir, que Deus tinha algo melhor… Onde já se viu? Deus é o Deus da família e da restauração e não o Deus do divórcio!

 

Creiam: Deus é fiel e nos ama, por isso quis nos tratar e nos levar para perto dEle!
Agora, creio que Deus vai trabalhar na vida dele e eu e minha casa serviremos ao Senhor.
A glória da segunda casa será maior que a da primeira!

Fiquem com Deus e não desistam nunca!

 

Pastor Fernando, sem o seu Ministério certamente muitas de nós teríamos desistido, pois aqui encontramos o alimento que precisamos para prosseguir.

Que Deus te abençoe e continue te usando, Pr. Fernando!

Rosana Sousa

01 de agosto de 2016.

Amados irmãos, Paz do Senhor Jesus!


Gostaria de contar meu testemunho da benção que Deus realizou em minha vida.

 

Em abril do ano passado, meu esposo saiu de casa dizendo que não sentia mais vontade de ficar em casa, nem ser casado, que já não me amava mais. Naquele dia, depois de tantos anos de casamento, meu chão se abriu e eu fiquei totalmente sem rumo. Implorei para ele ficar, ligava várias vezes pedindo para ele voltar, para a mãe dele, chorava muito, e isso só piorou a situação, pois ele ficava com muita raiva de mim e me disse que nada o traria de volta para casa.

 

Então, um dia, desesperada, escrevi no Google a expressão “restauração familiar” e aí tudo começou. Eu conheci este Ministério de restauração familiar e fui lendo tudo que ele continha. Sempre fui muito católica e o primeiro lugar que eu fui foi à igreja, onde não fui muito bem tratada e me desanimei. Resolvi ligar para o Pastor Fernando, porque, ao contrario das pessoas que eu estava conversando (que tentavam me desanimar do meu matrimonio o dia todo, dizendo que era só arrumar outro,que Deus não me queria sofrendo), ele, o Pastor, me falou de uma forma convincente sobre o matrimônio e, a partir daí, eu não queria desistir daquilo que Deus havia me dado. Então eu liguei para ele e, quando ele me retornou, conversamos. Ele me instruiu acerca de tudo, orou por mim e disse que primeiro eu deveria entregar a minha vida aos cuidados totais de JESUS; para eu deixar Deus trabalhar em minha vida e, em seguida, o meu casamento seria restaurado. Eu me ajoelhei do lado do telefone e confessei a JESUS como meu único Senhor e Salvador. Em seguida, ele me disse para procurar um acompanhamento pastoral diário de um pastor que fosse firme e que valorizasse o matrimônio. Confesso que fiquei meio perdida, pois eu vim de uma família católica e como iria procurar um líder evangélico. Mas aí esse Deus tremendo começou a trabalhar: Ele colocou na minha vida um amigo de trabalho que é Pastor para me acompanhar.


Foi então que comecei a entender o que Deus queria de mim. Esse meu amigo me contou seu testemunho de vida e a restauração que Deus fez no lar dele. O inimigo começou a lançar setas de todos os lados, lutando comigo até no sonho. Eu chorava e sofria muito. Parei de ligar para o meu marido e sumiram as notícias em relação a ele. Tinha dia que parecia que era impossível dele voltar para casa. Pedi 10 quilos, ouvi coisas horrorosas (como o mundo está descrente no matrimônio!). Eu orava, jejuava e me silenciei. Parei de chorar na frente das pessoas e só falava disto com as pessoas da minha confiança, com os vasos que o Senhor colocou na minha vida para me ajudar em oração. Aí Deus entregou uma revelação através de um pastor que Deus ia restaurar e fazer uma obra que ia deixar muitos de boca aberta. Tomei posse. Só que eu sofria muito, pois parecia impossível. Meu marido falava com outras pessoas que ia ser feliz e que não voltaria.

 

Certo dia eu precisei falar com ele de um problema que havia surgido com o carro que ele deixou para trás, e ele falou que precisava falar comigo e marcamos de conversar. Eu fui orando e pedindo a Deus que tocasse no coração dele. Quando ele me viu, Deus trabalhou de forma tremenda no coração dele. Ele chorava o tempo todo, falou que por culpa dele eu estava muito magra. Começamos a conversar e falei de todas as passagens da Bíblia onde Deus desaprova o adultério e o divórcio e que, enquanto eu vivesse, se ele tivesse outra mulher ele estava no pecado do adultério e que eu ia viver sozinha, pois estava em Deus e não queria viver em pecado. Ele falou: “se Deus me tocar eu volto”. Então falei para Deus: “Senhor saiu da boca dele que se o Senhor tocar nele, ele voltará”. Aí Deus me respondeu com fogo. Meu marido em seguida me ligou e disse que ia voltar, pois Deus tocou o seu coração, que ele ia cuidar de mim, que estava de cabeça quente e que o que Deus une o homem não separa.

 

Hoje, ele voltou para casa. É muita benção! Meu Deus, a Ti toda Honra e Glória! Somente tu és Deus!!!!!

 

Obrigada !!! Este Ministério de restauração familiar e o Pr. Fernando são bênçãos!!!!! Amém!!!!!!

Mislene Cristina

01 de agosto de 2016.

Depois de passar por um deserto horrível no meu casamento, Deus me honrou.

Talvez, irmãs, Deus permita que a gente passe por essa experiência dolorosa para poder nos moldar e assim sermos pessoas especiais para Ele. Você, que hoje está sem o seu esposo, levante-se e não desista nunca!!!!


Muitas foram às vezes em que eu quis desistir, mas Deus falava fortemente em meu coração: “NÃO DESISTA!!”

E hoje, depois de muito choro, de muito sofrimento, Deus trouxe meu marido de volta, coisa que, aos meus olhos, era impossível. Mas haveria alguma coisa difícil ao Senhor???
Não importa sua luta: apenas creia!!!!!

 

Mislene Cristina – Franca/SP

Maria Cristina

01 de agosto de 2016.

A Paz !

Amados, Estou aqui, com a graça de Deus, para trazer este testemunho a todos que estão passando pelo deserto.

Amadas (os), orem, jejuem, busquem a presença de Deus.

Ele é tremendo, vivo e maravilhoso.

Depois de 07 meses, o SENHOR trouxe meu esposo de volta para casa.

A luta ainda continua, mas com Jesus no barco, tudo vai bem.

Sejam obedientes e fiquem firmes na fé.

Rute

01 de agosto de 2016.

Estou muito feliz. Não poderia deixar de escrever aqui. Pedi orações e recebi a vitória.
De repente vi uma chamada perdida no meu celular. Era ”Preto” (como chamo carinhosamente meu marido). Nem acreditei, pois ele não me ligava mais, depois que tinha saído de casa. Mas pensei comigo: “Só vou retornar quando chegar em casa”.


Cheguei fiz as minhas orações e já estava deitada quando liguei para ele. A princípio ele disse que era engano, que era para eu desconsiderar a ligação. Então tá. Perguntei se estava tudo bem e já ia desligar quando ele disse: “Preta, vou voltar para casa! Você me aceita de volta? Faz dias quem existe uma voz martelando dentro de mim, mandando eu voltar. Preciso dar uma chance para nós, para nossa história”.

Tudo isto é Deus trabalhando.

Eu acreditei e coloquei minhas ansiedades nas mãos do SENHOR.

 

Sei que temos muito ainda para sermos restaurados, mas o nosso nome já foi chamado na oficina de Deus. Foram mais de três meses no deserto e o acompanhamento pastoral para mim, nesse tempo, foi fundamental.

Obrigada a DEUS por tudo!

Fernando

19 de julho de 2016.

Meu dia chegou!!

Agradeço a Deus e ao pastor Fernando César, que foi muito usado por Deus como um instrumento para me abençoar.

 

Tinha um casamento com brigas que duravam 24 horas por dia. Minha esposa e eu dávamos um péssimo testemunho como crentes, porque nosso casamento era só a misericórdia.
Até que a situação ficou insustentável. Minha esposa, apoiada pela família dela, decidiu ir embora de casa e pedir o divórcio.

 

Foram 7 meses terríveis!! Lutei contra minha família, meus amigos, contra o Ministério, do qual fazia parte. Para piorar, minha esposa e a família dela ainda encontraram apoio em outro Ministério divorcista.

Pelo sofrimento, tinha decidido a abandonar a causa, pois fui muito desmoralizado. Minha esposa entrou na justiça, ganhou o apartamento, pediu o divórcio, abriu o Facebook, viajou, estava vivendo aos olhos do mundo muito bem. Eu vivia muito angustiado, perdido, sem esperanças.
 

Foi quando o SENHOR Deus, me mostrou este Ministério de restauração familiar. Comecei a ler os estudos que o Espírito de Deus deu ao Pastor Fernando César, e senti de Deus que tudo o que está publicado aqui é a mais pura verdade. Pr. Fernando, ainda que falho, é um grande homem de DEUS, ungido e usado pelo Senhor.

Li o livro “Destrua o divórcio antes que ele destrua seu casamento”. Foi aí que o jogo mudou. Entendi o que estava acontecendo e vi que realmente minha esposa, como mulher de Deus, não faria aquilo em sã consciência, na presença de Deus.

 

Depois percebi que ela estava altamente perturbada espiritualmente, que não estava vivendo bem coisa nenhuma. Era uma questão de batalha espiritual, de opressão mesmo.
Daí, apareceu um “profeta”, muito conhecido no meio evangélico, para me dizer que eu ia perder essa batalha, que Deus tinha algo melhor para mim.

O pastor dela também apoiou indiretamente o erro dela, mas Deus levantou, para o meu lado, a esposa de um primo meu, uma mulher pentecostal, fogo puro, para me revelar que o meu casamento era obra de Deus e que ele iria ser restaurado.

Essa mulher me ajudou muito nessa minha batalha espiritual. Ela concordava em tudo com os estudos do Pr. Fernando César e me ajudou em oração e campanha.

Toda vez que minha fé abalava, ela me ajudava a levantar.

 

Resumindo: o divórcio saiu. Porém, dois dias depois ela me ligou (já fazia 7 meses que nós estávamos separados, até mesmo sem amizade). Ela me ligou, dizendo que já estava 7 meses sem dormir bem, que havia perdido o emprego, a família dela foi toda ferida com problemas muito sérios (os quais não posso nem falar aqui) e que descobriu que me amava.
Pediu perdão por tudo o que fez.

 

Na sexta-feira de carnaval, ela voltou para casa mais quebrantada e ainda sofrendo muito porque aconteceram muitas situações difíceis na vida dela.

Deus quebrou o vaso! Aleluia!!

Foi só ela pisar em casa novamente que Deus lhe deu um novo emprego.

 

Deus está transformando água em vinho. Quebrou-me e a quebrou também!

 

Meus irmãos, pode levantar falso profeta, pastor que for, mas Deus não é homem para que minta nem filho do homem para que se arrependa!

Ninguém passa por cima da Palavra dEle!

 

Não desistam porque o vinho da restauração é o melhor vinho que tem. Por isso foi servido no final da festa do meu casamento. Está melhor do que no dia em que nos casamos.
Toda honra e Glória a Jesus!!

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Laís Holmes

19 de julho de 2016.

Bem, sempre tive certeza que iria chegar o dia de dividir isso com vocês.

Queria, primeiramente, agradecer ao meu DEUS, o meu Rei, a quem dou toda honra e glória…
Ele é o meu Senhor!! E ao meu JESUS CRISTO, que me sustentaram e me sustentam por toda minha caminhada.

 

Gente, depois de 11 meses e seis dias, o meu marido foi restaurado milagrosamente por DEUS. Voltamos e estamos juntos para sempre, como DEUS prometeu!

Foi uma luta imensa, sofrimentos sem dimensões. Muitas vezes achei que não conseguiria, pensei em desistir, sofri muito junto com minhas lindas filhas, mas JESUS me carregava nos braços nos momentos de maior desespero. Outras mulheres envolvidas nisso, tanta coisa que não dá nem pra explicar.

 

E hoje estou aqui feliz, contando a vocês que minha família está restaurada.

Digo também que minha luta é diária. Ainda tem mulher atrás, ligando, se fazendo de boazinha, de que ama para tentar a destruição. Mas tenho me mantido em total sintonia com DEUS, para Ele me dá sabedoria dia pós dia, para aprender a lhe dá com tudo que vem acontecendo.
Hoje, tenho certeza de que meu marido me ama e isto graças a DEUS!


Digo também a vocês que, em primeiro lugar, temos que mudar, ser mulher digna de DEUS, do jeito dEle, senão nada acontece. E buscar dia pós dia ser melhor, orarmos, viver em Deus e tudo dará certo!

 

Agradeço de todo o meu coração ao Pr. Fernando por toda ajuda dispensada ao longo da minha caminhada. Valeu a pena obedecer a tudo.

Continuarei visitando o site deste Ministério com frequência, para aprender tudo o que o Pastor Fernando nos ensina, me mantenho assim.

 

Fiquem na paz, que Deus abençoe a todos e tudo dará certo.

Juliana

10 de julho de 2016.

Glória ao Senhor, Todo Poderoso!!

Bem, irmãos, estou aqui para testemunhar a grande vitória que o nosso Senhor Jesus Cristo faz na vida de quem acredita nEle.

 

Vamos aos fatos: há 24 dias, tinha me separado do meu esposo (1º casamento de ambos e único). Sempre havia brigas, desconfiança, outras mulheres envolvidas entre a gente, e, para completar, morávamos juntos com meus pais. A coisa era muito mais feia, pois além de meus pais não serem crentes; eles são idólatras e não aceitavam certas decisões nossas, de casal.

 

Foram 4 anos até chegar um ponto de meu esposo dizer: “Chega! Estou cansado! Você não vive para nossa família e, sim, para seus pais”. Eu como não conhecia a Palavra do Senhor, achava isso absurdo. Mas terminei entregando a minha vida a Jesus. Enfim, quando ele saiu de casa, meu chão acabou. Chorei muito e me desesperei, pois me vi só! Mas fui para os pés do Senhor. Comecei desde esse dia a buscar. Quando não tinha forças para orar, chorava na presença do Senhor. Comecei uma luta espiritual.

 

Cada vez que buscava mais a presença do Senhor, mais satanás se levantava. Quando falava com meu marido (pois temos dois filhos), ele demonstrava apenas interesse pelos filhos e dizia que não me via mais ao lado dele, mas que tinha um carinho especial por mim por eu ser a ex-mulher dele. Ele já me considerava ex-.

 

Passados 17 dias de lutas, descobri que ele estava envolvido com uma moça da sala de aula dele, da faculdade, por sinal, separada também e muito a fim de casar novamente com meu marido. Aí foi que orei mesmo, e pedia para o Senhor visitá-lo e mostrar a ele a verdade de Sua Palavra.
 

Um belo dia, ele entrou no ônibus, e um rapaz (analfabeto), mas muito usado por Deus, começou a pregar e falar com ele a respeito da Palavra de Deus, do perdão e do amor! Glória a Deus!!! E o meu marido foi tocado pelo Espírito Santo.

Ficava dias pensando na gente (eu e nossos filhos) e, a cada vez que ele via e falava com a gente, seu coração disparava.


Para honrar e Glória do meu Deus, conversamos e ele me disse que queria começar novamente do zero comigo, pois se arrependeu. Ele me disse que “é muito melhor buscar a Deus junto com a família!!”. Glória a Deus!!

 

Estou muito feliz. Quando falava com o Senhor, dizia: “Senhor, restitui e restaura meu lar”. Deus é fiel!! Certo dia, meu marido saiu à noite e foi falar e dizer para moça, que ele havia se envolvido que Deus tem planos maravilhosos para a vida dela e de sua família; que foi um erro o que fizeram, e que ela deveria pedir e orar para Senhor fazer a obra na vida dela!!! Glória!!!
 

Gostaria de deixar aqui o meu agradecimento, de todo coração, a este Ministério, à vida do Pr. Fernando, que nesse pouco tempo, o Senhor Jesus me mostrou, me guiou e me trouxe até aqui. Apreendi muito da Palavra do Senhor e de como restaurar meu casamento com o Pr. Fernando César.
 

Li e reli todos os seus estudos, as perguntas da seção “Pergunte ao Pastor”, principalmente, os testemunhos. Chegava a chorar. Perguntava para Deus: “Senhor, será que um dia estarei aqui, neste Ministério para glorificar ao teu Santo Nome e falar do que o Senhor fez no meio da minha família?”.

 

Irmãos, não desistam!! Busquem ao Senhor de todo o seu coração, pois Ele é fiel e verdadeiro para cumprir tudo em sua vida! E quando estiver triste, desanimada (o), e sem coragem, levante e ore, pois satanás não resiste à oração e ao louvor.

 

Faça voto com o Senhor pela restituição e restauração de seu lar, pois, um dia, vocês estarão aqui também testemunhando com imensa alegria!!!! Glória!!!

Loren

10 de julho de 2016.

Paz, irmãos!!

 

É com muita alegria e com um novo cântico em minha boca, que eu venho escrever meu testemunho.
 

Deus é fiel e faz o impossível acontecer!! Aleluia!!

 

Depois de 1 ano e 4 meses passando pelo deserto Deus, restaurou meu casamento!! Depois de 1 ano e 4 meses sem ver meu marido, sem noticias nenhuma dele e sem saber como ele estava, porque ele é americano, mora em um país que eu não conheço, Deus operou ao nosso meio, de forma milagrosa.

 

Irmãos, não desistam!! Pensem nas promessas de Deus para suas vidas. Creiam no poder da oração! Deus trabalha em silêncio. Você não precisa ver, mas precisa crer o que Deus está fazendo e Ele fará.

 

Toda promessa passa pelo teste do tempo e Deus está testando sua fé.

 

Eu não posso me conter de alegria. Meu marido está voltando ao Brasil e iremos renovar nossos votos perante Deus e nos casarmos na igreja.

 

Glória a Deus e o nome do Senhor seja louvado!!

Keyla

10 de julho de 2016.

Pr. Fernando, quero te dar um testemunho e agradecer pela ajuda na questão da restauração do meu casamento.


Há dez dias meu marido voltou para casa.

 

Foi assim:

Na terça-feira era a primeira audiência do divórcio e eu não compareci. Ele não falou nada a respeito.
Na quarta, fui a um encontro de mulheres e testemunhei, falando exatamente assim:

- Meu casamento já foi restaurado, só meu marido ainda não sabe disso.

Pois, na quinta, ele terminou com ela e na sexta voltou para casa.

 

Deus foi maravilhoso na minha vida!

 

Não conquistei um troféu para sair mostrando a todos publicamente. Apenas minha família foi restaurada por Deus pela fé.

O senhor, Pr. Fernando, se quiser, pode publicar o meu testemunho por completo.

Já estou ajudando muita gente só com o testemunho e quero continuar ajudando.


Continuo em oração pela conversão do meu marido agora.

Obrigada!
Um abraço!!!!!

Keyla.

Sílvia Helena

10 de julho de 2016.

Fui casada por 10 anos e, um dia, veio o maldito divórcio. Fiquei divorciada por 8 anos e ele já estava morando com outra pessoa, com a qual formou nova família.

 

Durante todo este tempo, clamei ao Senhor nosso Deus e pedi a restauração do meu casamento, embora todos me chamassem de louca. Continuei na fé e, para honra e glória do nosso Deus, hoje me casei com ele novamente.

 

Deus trouxe-o transformado e convertido. Hoje trabalhamos em um Ministério de casados, dando nosso testemunho do milagre que Deus operou em nosso casamento e família.
Hoje eu e minha casa servimos ao Senhor Jesus!! Glórias a Deus. Amém.

Krisley Deusiane

25 de junho de 2016.

Bom dia, Pr. Fernando!!!

A Paz do Senhor JESUS esteja com o senhor e sua família!

 

Venho através deste comunicar que a glória de Deus reinou em meu lar.

Depois de 1 ano buscando, pagando preço, orando, orando e lendo e relendo seus e-mails, ouvindo os seus conselhos pelo celular, lendo e relendo histórias neste Ministério, meu marido voltou para casa. Deus restaurou meu casamento para honra e glória Dele.

 

Sempre li seus e-mails falando dos casamentos restaurados (“Mais um casamento restaurado!”). Cheguei a chorar várias vezes com muita dor no coração, mas crendo que Deus, um dia, iria agir em meu casamento. E foi o que aconteceu.


Obrigada imensamente pelos conselhos, pelo acompanhamento diário (muito necessário), pelos SMS enviados pelo senhor nas madrugadas. Essas mensagens, via celular, chegavam bem na hora que pedia uma resposta a Deus. E como o senhor sempre me dizia: BASTA CONFIAR!!!

Abraços e que Deus o abençoe abundantemente cada vez mais!!!

O nome do meu marido é Rafael.

 

Krisley – MG.

Tânia

25 de junho de 2016.

Bom dia, Pr. Fernando!

Tenho a felicidade de dizer que Deus restaurou o meu casamento!!

Há 8 anos conheci meu esposo. Ainda não era da igreja e ele era mais desviado.


Como o amor era grande e eu já estava indo à igreja, fui batizada e resgatei meu esposo também para a presença de Deus. Entramos totalmente para a igreja e para o caminho de Deus. Ele fez uma banda gospel “Pregadores do Deserto” e eu fui para a administração da igreja.


Irmãos, vocês acham que o inimigo estava contente? Claro que não! Ele tentou acabar com nosso casamento e a nossa obra. Meu esposo começou a ficar distante de repente e não falava mais comigo. Eu também. Até que um dia, do nada, ele chegou e disse que queria se separar de mim. Entrei em desespero, conversei com meu líder e comecei a orar e jejuar para meu casamento. Irmãos, ele nem estava olhando para a minha cara, saía não me dizia nada.


Disse a Deus que não iria desistir do meu casamento, porque foi o Senhor que me dera, que o inimigo não tem poder em nós, que somos filhos de Deus e servimos ao Senhor. Nada nem ninguém iria destruir o nosso amor e nem a nossa obra.

Muita oração e tudo acontecendo de pior. E eu sempre firme.

 

Hoje, eu e meu esposo servimos ao Senhor novamente, nos reconciliamos e nada destruiu a nossa vida. Trabalhamos juntos na obra com o todo amor em Deus e na nossa família.


Hoje estamos muito felizes!!

Fabiana Dias

25 de junho de 2016.

Toda honra e toda glória sejam dadas ao único que é digno de todo louvor!! Deus é fiel!!


Se Ele tem promessas para sua vida, então entregue seus caminhos a Ele e confie.

Depois de 11 meses no deserto, a minha vitória finalmente chegou. Bastou descansar nEle, e parar de tentar resolver com o meu próprio pulso.

 

Meu esposo está voltando pra mim e para a minha filha, e para Deus.

 

No ano de 2012, era para ser o ano de realizações, até foi em partes: pois engravidei, passei em um concurso público, e estava no último período da faculdade. Porém, Deus não era o centro das minhas prioridades. Como prestei concurso para nível superior, e não consegui terminar a faculdade (pois meu parto foi cesariano, e não conseguia sentar à frente do computador para fazer o meu TCC, que precisa de tempo e disponibilidade para fazer, acabou que passei em todas as disciplinas menos no TCC.). E para acabar de completar, as portas se fechando, meu esposo e a mãe dele inventaram de ir até uma irmã que iria fazer uma campanha de oração pela vida dele para conseguir emprego, pois ele tinha proposta, mas não tinha nada confirmado. Só que essa irmã, dizendo ela que Deus mostrava para ela que eu estava traindo o meu esposo, e era para ele pedir um “tempo no casamento”.


O emprego dele saiu, mas ele teria que ir para Fortaleza-CE, pois a obra da empresa era para lá. Mas meu esposo nada me disse sobre o que a irmã disse a ela, simplesmente, começou a me ignorar, falar apenas o necessário. Mudou de quarto, e passou a ficar diferente comigo. E eu estranhei, perguntava todos os dias que ele chegava da casa da irmã, se Deus havia falado algo sobre mim para ele, e ele sempre dizia que não. Os dias foram passando até que um dia, eu explodi. Chamei-o e a mãe dele na sala e disse que não aguentava mais tanto desprezo. Na época nossa filha tinha apenas 03 meses, era uma bebezinha, frágil, e eu tinha que ter forças, para cuidar bem dela.

 

Foi aí que a mãe dele nem deixou ele responder, meteu-se na frente e disse que um dia a minha consciência iria me falar, mas que Deus queria que o meu esposo desse “um tempo no casamento”. Daí eu pedi que ela deixasse ele falar, mas ele simplesmente nada falou, apenas olhava para o nada cabisbaixo. Então, no mesmo dia, liguei para a minha mãe, pedindo que ela visse um apartamento próximo a casa dela, pois eu iria sair de casa. Não disse o que tinha acontecido, apenas disse que meu esposo iria viajar a trabalho, e que eu não iria ficar na casa da mãe dele (onde moramos desde que nos casamos).

 

No dia 30 de Maio de 2012, ele veio até mim e disse que queria conversar, disse que “Deus” havia usado a irmã (“bendita irmãzinha”), e havia dito a ele que eu fazia macumba para ele não me deixar, e que sempre o traí, desde a época do namoro (tínhamos 05 anos juntos já). Disse também que estava indo embora a trabalho, mas que iria me ajudar com a criança, e que não sabia quando voltava, pois a obra era de 04 anos.

 

Nesse mesmo dia, as minhas amigas da faculdade iriam tentar me ajudar a fazer o TCC, pois a professora, usada pelo diabo, já havia me dito para eu desistir, pois eu não iria conseguir concluir a faculdade. Nesse dia, meu mundo desabou, pois, eu não esperava ouvir isso do meu esposo querido, que eu tanto amava. Ele disse que estava indo no dia seguinte, e já estava com as passagens compradas, ele fez empréstimo para comprar as passagens, fez tudo às escondidas com a ajuda da mãe dele.

 

Foi aí que eu resolvi mudar. No mesmo dia, arrumei as coisas às pressas e liguei para minha irmã conseguir um caminhão de mudanças e fui embora. Antes de sair, dei um abraço na mãe dele, e pedi desculpas se eu havia feito algo a ela, e disse que um dia Deus iria mostrar para ela e para o filho dela que todas essas coisas a meu respeito não eram verdades.


Pastor Fernando, antes de eu sair, com a minha mudança, o meu esposo pegou a nossa filha no colo e chorava feito uma criança, chorava muito mesmo, e eu me continha, mas meu coração estava doendo muito. Nossa, só Deus sabe o que passei naquele dia.

 

No dia seguinte, antes dele viajar, ele foi até o apartamento que eu estava e se despediu de novo da nossa bebê. E para mim disse que um dia, talvez, nós sentaríamos para conversar e que ele me contaria muito mais coisas que ele havia descoberto de mim. Eu só chorava, nada mais falava, antes dela sair pela porta ele pediu um abraço, mas eu não dei.


Ele passou 03 meses apenas em Fortaleza, pois sentia muitas saudades da filha. Quando eu ligava para falar como estávamos, ele me tratava sempre mal, me dizia coisas absurdas. Dizia que só iria voltar quando todas as pessoas que falaram mal de mim morressem. Fiz diversas campanhas, jejum, orações pela madrugada, me apeguei a Deus de um jeito, pelo qual nunca havia feito. Um dia, um vaso usado por Deus, me disse que tudo estava acontecendo comigo porque Deus estava permitindo, que Ele tinha planos para minha vida e precisava me provar, me moldar, me tratar.

 

Pastor, só que meu esposo mudou um pouco o comportamento dele, ligava e dizia que sentia saudades de mim e da neném, e que iria voltar para nós. Eu já estava feliz, pois achava que Deus já havia feito a obra. Mas quando ele chegou na cidade, ele queria me ter como namorada dele, e não como esposa. Queria dormir na minha casa, nos finais de semana, e durante a semana, na casa da mãe dele. Continuou no mundo da noite, tocando em festas, pois ele é músico, baterista.


Eu ainda aceitei isso 04 meses, depois que ele chegou, mas um dia Deus falou comigo através de uma ministração, e eu decidi falar com meu esposo, que eu não iria deixar de ser esposa para ser namorada, ainda mais, sendo casado no Civil e tudo e tendo uma filha já com um ano.

 

Mas ele não aceitou, ficou furioso, me chamou de macumbeira novamente, disse que eu fazia macumba para segurá-lo na cama. Meu Deus, que coisa absurda!! (Às vezes penso quem colocou isso na cabeça dele). E dizia que não queria ser corno novamente. E que se eu quisesse, poderia ir pedir divórcio e por ele na justiça para dar pensão para nossa filha.


Continuei orando e intercedendo a Deus pela vida dele, pois sabia que isso não era dele, pois ele era um homem calmo, doce, e jamais falaria essas coisas para me ofender, e que não era isso o que ele queria realmente.

 

Pastor, já estava fazendo 04 meses que não falávamos mais, apenas sobre a neném e as necessidades dela. No dia 03 de Abril, um dia antes de a minha filha completar um aninho, ele me ligou diversas vezes, mas eu não atendia, então ele mandou uma mensagem dizendo: “oi, só queria saber se a neném está precisando de alguma coisa, e se ela está bem”. Daí respondi a mensagem dizendo: “não! Ela não está precisando de nada”, pois a mãe dele, com a ajuda de Deus, tem providenciado tudo.

 

Dessa mensagem vieram ainda mais de 60 mensagens minhas e dele. Tudo isso aconteceu das 13 horas às 20 horas. Fui cair na besteira de deixá-lo ir à minha casa, mesmo sabendo que ele já havia se envolvido com outras mulheres, pois eu o amo, e achava que ele queria voltar para mim. Mas ele ficou comigo apenas 03 dias, depois sumiu. Eu acreditava que Deus havia feito a obra novamente, mas ainda não era o tempo de Deus.

 

Deus já estava trabalhando na vida dele, pois em minhas orações eu pedia para Deus fazer a vontade dEle, e que se ele quisesse restaurar nosso casamento, seria para restaurar no tempo dEle e não no meu e que tudo o que ele fizesse seria para a honra e a Glória dEle.
 

No último domingo, ele levou nossa filha para ficar uma semana na casa dele, pois minha mãe quem fica com ela para eu trabalhar, adoeceu. E nesse mesmo dia, a minha filha teve febre, e ele me ligou perguntando como dar o remédio e como proceder. Dei todas as orientações necessárias, e fiquei em casa só intercedendo pela saúde dela. Ele havia me tratado mal no telefone, e antes dele dormir me ligou pedindo desculpas. De lá pra cá, passou a me tratar bem no telefone. E me falar como a neném estava. Tem me ligado para saber como estou, e me convidou para ir ao show do Thalles Roberto. Ontem me pegou no trabalho e me levou para casa, e quando chegamos em casa, ele se ajoelhou e disse que queria voltar pra casa, voltar para mim e para me ajudar a criar a nossa filha.

 

Perguntei o que aconteceu. Ele disse que não sabe, mas que tem saudades de mim, de tudo que fazíamos juntos, de acordar comigo, até mesmo de nossas brigas.

 

Glória a Deus por isso!! Ele nos ama, e não quer ver seus filhos sofrendo.

 

Houve momentos em que eu achava que estava só, que Deus não estava ouvindo minhas orações, e que não tinha mais jeito mesmo.

 

Agradeço a Deus por seu Ministério de restauração familiar, que foi o meu porto seguro, o meu maná; pela sua vida Pr. Fernando, que sempre me exortou de forma dura, sem deixar de renovar as minhas esperanças, pois havia dias que parecia que o dia da restauração nunca iria chegar.

 

Amadas, não desistam de seus esposos!!! Deus está com vocês e Ele quer muito restaurar esse matrimônio quebrado. Mas você precisa confiar nEle de verdade, pois Ele é fiel e não mente!!

 

Pastor Fernando, o senhor é uma bênção!!! Muitos casamentos ainda serão restaurados através deste ministério maravilhoso!!! Glória a Deus!!! Estou cantando a canção da vitória e muito feliz com o Deus que eu sirvo!!

 

Fiquem na paz!

Vanessa Santos

25 de junho de 2016.

Para honra e Gloria do Senhor, o meu lar está sendo restituído depois de 2 anos e 10 meses de divórcio. Somo evangélicos, mas, quando nos separamos, estávamos afastados dos caminhos do Senhor. Foi aí onde tudo desmoronou. Ele saiu de casa e me deixou com duas filhas pequenas. Não aceitava conversar, estava totalmente cego.

 

Eu também acabei desistindo de tudo, de buscar a Deus verdadeiramente, pois achava que minha situação não tinha mais jeito. Sofri, pois estava no mundo, "festando", cheia de amigos, mas a tristeza doía em minha alma, em ver minhas filhas sem o pai. Já não tinha esperança nenhuma, pois ele estava morando com outra moça, questionava Deus porque não conseguia esquecê-lo. Pelos conselhos dos outros, eu devia seguir minha vida, mas nunca tomei uma posição de me prostrar diante do Senhor e colocar minha vida nas mãos dEle.

 

Com 2 anos e 8 meses de separação, começamos a conversar novamente porque até então nem isso fazíamos. Pedi pra Deus que, se isso era um sinal para que lutasse pela minha família, por meu esposo, e realmente Deus começou a trabalhar. Reconciliei com o Senhor e comecei a orar e jejuar. Foi quando as coisas começaram a mudar. E nossas conversas foram aumentando, e falávamos do amor de Deus de tudo que ele já tinha feito em nossa vida, e Deus tocou fundo no coração dele.

 

No mês de março, recebi uma mensagem dele, falando que era para eu orar naquele momento, pois estava indo terminar tudo com a moça, porque ele havia entendido que o certo era ele voltar para a família dele e para a obra do Senhor.

 

Irmãos, voltamos. Ele se reconciliou comigo e com Deus. E hoje estamos arrumando nossa casa, os móveis e os papéis para podermos casar novamente. Eu Glorifico a Deus porque Ele, em sua infinita misericórdia, restituiu tudo o que tinha perdido. Demorou, sim, mas foi no tempo do Senhor.

Aline Bravin

25 de junho de 2016.

Meu testemunho é muito grande, por isso vou resumir em apenas uma palavra: Deus!

 

Meu casamento quase acabou por minha culpa, falta de Deus e sabedoria, e olha que Deus me mandou muitos anjos e eu não os enxerguei. Mas Deus, com sua infinita misericórdia, me deu a oportunidade de lutar por minha família, e eu agarrei com todas as forças. Foi o deserto mais terrível de toda a minha vida. Sempre que eu caia, sempre que eu dizia não aguento mais, Deus maravilhoso me abraçava e me provava que o meu caminho estava certo e que eu tinha que acreditar que teria a restauração do meu casamento. Oração, jejum, oração, jejum muitoooooo, muitooooo mesmo. E esse deserto durou exatamente 8 meses. Tem que confiar, acreditar!!! Buscar a Deus sobre todas as coisas.

 

FAMÍLIA É O BEM MAIS PRA DEUS. ORAR, ORAR, ORAR, ORAR MUITOOOO, SEM CESSAR.

Sidnéia

16 de maio de 2016.

Pastor Fernando,


É com muita satisfação e alegria que escrevo para o senhor para testemunhar de que o Nosso DEUS é tudo e o diabo não vale nada.


Dia 05 de janeiro, graças ao Soberano DEUS de Israel, o meu marido voltou para casa definitivamente. Trouxe todas as roupas que havia levado, sapatos, bonés, sacolas, enfim, trouxe tudo como o SENHOR JESUS havia me prometido.


Louvo a DEUS por tudo o que passei. Agradeço por ter tido misericórdia de mim e do meu marido, mesmo não sendo merecedores de nada. O SENHOR JESUS me honrou.


Dei meu testemunho em algumas denominações, e as mulheres, que são casadas bem mais tempo do que eu, ficaram espantadas com tudo o que passei. Passei para elas que para DEUS tudo é possível, ainda que venham grandes lutas, vontade de desistir. Nós temos um grande e poderoso DEUS para lutar em nosso favor.


Eu e meu marido estamos em lua de mel. Não falamos mais do passado, dos erros. Só falamos do que DEUS fez e ainda fará em nossas vidas.


Pastor Fernando, te agradeço de todo o meu coração por tudo o que o senhor fez por mim: pelo acompanhamento, pelas palavras, pelos estudos, aconselhamentos, enfim, tudo. Só DEUS para te recompensar.


DEUS abençoe cada dia mais este Ministério!

Cleide

16 de maio de 2016.

Olá! Saúdo a todos com a Paz do Senhor Jesus!!

 

Meu nome é Cleide. Primeiramente quero agradecer a Deus, pela Sua fidelidade, pelo Seu amor.
Quero também agradecer ao Pastor Fernando. Foi através do Ministério dele que eu aprendi, amadureci e resolvi buscar com fervor. O acompanhamento pastoral é tudo!

 

Quero testemunhar do que Deus fez na minha vida. Já passei por muitas lutas no meu casamento, já somos frutos de um casamento restaurado em 2005, mas que não dá para contar tudo, pois meu testemunho é grande. Vou contar apenas a segunda parte. Depois de Deus restaurar meu casamento, e trazer meu esposo de volta, em 2006, ele bebia, saía com várias mulheres e chegou a usar drogas. Depois de muita oração, ele confessou a Jesus como Senhor e Salvador da vida dele, foi batizado. Com o tempo, nós nos tornamos obreiros, pregávamos na igreja, entramos no Ministério de casais e fomos tomar conta de uma congregação junto com outro casal.

 

O tempo passou e meu esposo começou a olhar para os erros dos homens dentro da igreja, e foi se desanimando. Quando chegou em dezembro de 2012 (ele trabalhando demais e não tendo muito tempo de ir à igreja), ele esfriou muito, pediu afastamento da obra e começou a beber, a fumar e realmente foi para o mundo.

 

Fiquei mal, tive muita vergonha, pois nós éramos o casal exemplo. Aconselhamos tanto casais, e não estava entendendo porque aquilo estava acontecendo. No dia 6 de janeiro, para piorar a situação, ele pediu a separação, disse que não me amava mais, que eu estava bitolada com a igreja, que no mundo as pessoas eram mais felizes.

 

Confesso que as duas primeiras semanas de janeiro, fiquei muito mal, mas não desisti. Continuei no cargo de obreira e comecei a buscar muito em oração. Clamava a Deus, pois não estava aceitando aquela situação. Ele colocou a casa à venda, e já estava falando de cada um comprar seu canto. Ele saía nos fins de semana, bebia e não estava nem aí para mim. Olhava-me com desprezo. Depois de algum tempo no deserto, Deus foi me ensinando muitas coisas, e percebi que, no deserto, Deus quer ensinar algo. Fiz um propósito com Deus e falei que quando Ele trouxesse meu esposo de volta, ia testemunhar e ajudar as muitas mulheres que passam por este mesmo problema.

 

Deus me falava que Ele tinha prazer em restaurar as famílias, mas muitas mulheres queriam seus cônjuges de volta de qualquer jeito, sem liberar o perdão verdadeiro em seus corações. Então, mulher, você quer seu esposo de volta? Primeiramente tenha certeza de que é isso mesmo e libere o perdão e comece a clamar a Deus nas madrugadas.

Deus é fiel!! Ele restaura, sim!! Cada uma no seu tempo.

 

Irmãs, o tempo foi passando, e no mês de fevereiro de 2013, ele pegou uma infecção intestinal grave. Cuidei dele como se nada tivesse acontecido, pois nós estávamos na mesma casa para tratamento dele. Deus o levou de volta para casa enfermo, para eu cuidar. Tive a oportunidade de falar um pouco de Deus para ele, nada forçado, mas muito natural. E vi Deus trabalhando na vida dele. No final de fevereiro, ele estava ainda se curando, e falou que queria ir à igreja. Perguntei onde. Orei a Deus e pedi para Ele mostrar em qual igreja, pois não queria ir na minha.
Bom, fomos em uma igreja que Deus falou muito na Palavra. Foi muito bom.

 

No último dia de fevereiro, ele ligou para o pastor da nossa igreja, dizendo que queria se reconciliar com Deus. Oramos muito.

 

Estou muito feliz. Com isso, vamos nos mudar, pois vendemos a casa, mas vamos comprar algo para morarmos juntos.

 

Há muito detalhes que aconteceram nesse tempo, mas ficaria muito longo escrever.
Mas aprendi a orar mais pela minha família, interceder sem cessar, orar mais nas madrugadas.
Quero dizer para você que tem orado para seu esposo voltar que não desista, que tenha fé, perseverança. Clame e Ele vai ouvi o seu clamor. Deus nos abençoe!!

 

Graciely Oliveira

16 de maio de 2016.

Boa tarde, Pastor Fernando!!

Que a Paz de Jesus esteja com o senhor!!

 

Venho através desse e-mail dar a boa nova. Meu esposo Gilmar me procurou, depois de 4 meses fora de casa. Ele tinha conhecido uma pessoa e estava com ela. Há algumas semanas voltamos a conversar. Foi quando decidimos colocar tudo em pratos limpos e ele pôde perceber que paixões passam e o que fica é o amor verdadeiro.

Estou muito feliz, e grata pelo amor que Deus tem pelos Seus filhos.

 

Pastor Fernando, esse trabalho que o senhor faz é maravilhoso, pois nos dá esperanças, quando tudo parece perdido. Cada orientação que eu recebia sua, eu me enchia de esperanças e sentia que minha vez iria chegar. E chegou. O Deus que nós cremos me chamou pelo nome.

Amém, por isso.

 

Ieda

16 de maio de 2016.

Glória ao todo e Soberano Deus Vivo!!!

 

Que Alegria!! Hoje venho aqui testemunhar a restauração do meu casamento. Li muitas vezes os testemunhos aqui e eles me fortaleceram.

 

Após 2 meses de separação, hoje estamos totalmente restaurados pelo Senhor Jesus.
Nosso casamento já não estava bem há alguns meses e eu não fui aquela mulher sábia, a qual o Senhor diz que devemos ser. Achava-me forte espiritualmente e que nada poderia abalar meu casamento. Deixei as mágoas tomarem conta do meu coração e, sendo assim, também comecei a magoar meu esposo com atitudes e palavras que não condiziam com o propósito de Deus para as nossas vidas. Até que o meu marido não aguentou mais e me mandou embora de casa. Perdi o chão e me dei por conta que estava saindo totalmente fora do propósito do Senhor Jesus para minha vida. Daí começou uma grande guerra espiritual. Meu marido não queria me ver nem pintada a ouro, não falava comigo e queria o divórcio depressa.

 

Orei e jejuei a semana toda. Quando fechou uma semana que estávamos separados, ele me ligou para me pedir o divórcio. Tentei argumentar, mas de nada adiantou. Ele estava enfurecido. Então percebi que nada do que eu fizesse ou falasse adiantaria. Comecei uma campanha de oração com um casal muito abençoado. Deus revelava muitas coisas, porém, às vezes, eu não compreendia. Sofri muito, chorei, me joguei no chão, me deitei nos pés de Jesus, reconheci meu pecados e todos os erros que cometi durante 3 anos e meio de casamento. Deus me mostrava tantas coisas que falei e agi, que magoavam meu esposo e ao Espírito Santo. Jejuei praticamente todos os dias em todo o tempo no deserto.

 

Agora vou jejuar para agradecer ao meu Deus. Havia pastores me aconselhando meu esposo, e orando por ele. Hoje tenho certeza de que Deus endureceu o coração do meu esposo para poder nos tratar e para moldar nosso caráter. Nas últimas duas semanas, Deus também falou com o meu marido.


Realmente esse nosso Deus faz o que promete. Após 1 mês da profecia, Deus mudou o coração do meu marido. Eu estava orando, quando o telefone tocou. Era o meu marido. Ele estava muito arrependido e disse que queria marcar uma conversa comigo.


Fiquei feliz, mas como o coração do homem é incrédulo, fiquei com medo. O diabo tentou de todas as formas me amedrontar. Depois de uma semana, meu esposo me ligou de novo, porém a voz dele já havia mudado. Era meu marido de volta.

 

Nos encontramos bem arredios ainda, mas o Senhor Jesus faz tudo perfeito ao seu tempo, e Deus nos concedeu a restauração tão esperada!!!

Glórias a Deus!!!

 

Amados e amadas, não desistam!! Não há nada que Deus não possa fazer. Posso garantir que foi um milagre a restauração do meu casamento, pois era bem complicado aos olhos humanos, mas Jesus mesmo disse pode ser impossível para o homem, porém para Deus nada é impossível!!!
Deus ama a família e tem prazer em restaurar vidas!!!!

Deus abençoe a cada um e realize os seus sonhos!!

 

Agradeço ao Pastor Fernando, por este Ministério maravilhoso, que tem servido de bênção em minha vida!!!

Simone Lopes

16 de maio de 2016.

A Paz do Senhor Jesus, meus amados em Cristo!


Somente hoje venho testemunhar, com muita alegria, a bênção concedida por Jesus a minha família: a volta do meu marido para casa depois dele ter saído e ficado fora por quase 1 ano.
Depois, saiu de novo e ficou fora por 2 meses. Foram muitos dias de angústia e de sofrimento e mesmo de solidão, mas Deus me deu a vitória e restaurou a vida do meu marido. Deus tem tocado o coração dele e está transformando a vida dele para honra e glória do Senhor Jesus.

 

No começo, eu estava muito preocupada pensando que, a qualquer momento, ele falasse com alguém que poderia estar me traindo, mas entreguei tudo nas mãos de Deus. A minha vergonha se tornou em grande honra.


Glória a Deus e descansem no Senhor.


Eu creio que, em breve, meu marido estará totalmente convertido, me acompanhando nos cultos e subindo ao monte comigo. Em nome de Jesus!


Agradeço a Deus por fazer parte deste Ministério abençoadísssimo e pela vida do Pastor Fernando. Poucos são os Pastores que acreditam na restauração de casamentos. Ao contrário, a maioria já incentiva a pessoa a buscar o divórcio e a se casar outra vez. Mas Deus é fiel!
 

Hoje venho falar que Deus tem me surpreendido a cada dia. É maravilhoso o que Ele tem feito e eu só tenho a agradecer. No sábado, fomos à casa da minha sogra, eu e o meu marido, e ele pegou todo o restante das roupas dele, que ainda estavam lá, para vergonha de satanás. Mais uma tapa na cara dele.


Eu creio que Deus ainda vai fazer a obra em minha vida por completo. Já separei e consagrei uma Bíblia para o meu marido, para que, juntos, possamos servir juntos ao Senhor. Deus vai preparar o dia e a hora desse grande dia, que será uma festa.


E outra coisa maravilhosa: meu esposo quer ter filhos, pois antes ele não queria nem saber. Em breve, assim que Deus preparar melhor nossas condições, teremos nossa filhinha, onde terei a honra de testemunhar para os irmãos mais uma vitória. Tudo para honra e Glória do Nome Santo do Nosso Deus.

 

 

 

Heloísa Santana

16 de maio de 2016.

A Paz do Senhor!! Também quero dar meu testemunho. Passei um e-mail semana passada pedindo oração. O pastor orou e milagre não tardou para acontecer. Aleluia! Meu marido já estava noivo de outra e com intenção até de se casar. Mas ontem ele me ligou e pediu para conversar comigo.

Conversamos e ele pediu para voltar, pois disse que não consegue viver sem sua família, e que me espera o tempo que for.

 

Obrigada por tudo, Pr. Fernando, e por esse Ministério de restauração familiar.

Amém, Glória, Glória.

 

Douglas Santos

05 de maio de 2016.

Há algo impossível para DEUS? Eu me perguntei no dia em que saí de casa e a resposta foi Lucas 1:37 “Por que para Deus nada é impossível.”

 

No dia 16/05/2012 dia do aniversário da minha esposa começou uma batalha que durou 10 meses e 10 dias. Este dia era o dia do aniversário dela e eu me vi, sendo ignorado e deste dia até o dia 22 foi só sofrimento e angústia. O dia da separação foi dia 22/05/2012, dia em que o diabo se levantou. Neste dia eu que começava a batalha me perdi e bati em minha esposa. Vivíamos um casamento de brigas, decepções e traições. Logo, pela manhã seguinte, já estava indo embora e me sentindo aliviado. Mal sabia eu que DEUS usaria disso para me fazer totalmente dependente dEle.

 

Com convicção posso dizer que ELE apertou um botão em minha vida dizendo “Chega!” e deixou o diabo tocar onde eu sentia confiança: Tocou no meu casamento e, a partir daí, minha vida foi só sofrimento. Fim do relacionamento, doenças, dificuldades financeiras, brigas e mais brigas com a minha esposa e meus familiares.

 

A minha esposa disse que iria me matar e eu só orava a DEUS pela restauração. Procurei, mandei flores, mensagens, tratava bem e só recebia dela que eu estava louco e que ela nunca voltaria. Via-a feliz, saindo, se divertindo, surgiram “amigos” de não sei onde e eu fui sofrendo, ela durante os três primeiros meses que estávamos separados abandonou os nossos filhos e eu fui pai e mãe deles neste tempo.


Eu que era uma pessoa que apenas acreditava em Deus, mais tive que aprender a amá-LO mesmo em espírito e verdade. Comecei a ir a templos (vários por sinal), buscando no homem a restauração do meu casamento. Fiquei decepcionado com os pastores e com as doutrinas, comecei a dizimar e ofertar, pois acreditava que fazendo isso eu a traria de volta. Foi quando Deus em um belo dia me disse: “Pare de tentar barganhar comigo, pois eu não sou um Deus de barganha, você não vai conseguir nada comigo assim!” e me vi desamparado.

 

Comecei a fazer uma corrente chamada “Uma Nova História” de uma denominação muito conhecida e um belo dia, dentro do templo, uma mulher muito estranha veio a mim e perguntou o que eu queria com aquela campanha e eu respondi que queria a minha família de volta. No mesmo momento até a feição dela mudou e rindo de forma estranha a mesma me disse que eu “não iria conseguir”. Daquele momento entendi o que estava acontecendo e que o diabo havia se levantado contra a minha vida e mesmo assim continuei perambulando de templo em templo e de campanha em campanha, sem sucesso nenhum.

 

Foi aí que conheci, pesquisando na Internet, o Ministério Restaurando Famílias para CRISTO. Comecei a ler os testemunhos, reflexões e estudos e DEUS começou a trabalhar na minha vida.


Já havia perdido, em dois meses, 20 quilos (cheguei a pesar 59). Não comia, não dormia, não tinha ânimo e nem vontade de viver, mesmo com o Ministério. Tentava falar com o Pastor Fernando e não conseguia, pois havia decretado que no dia em que conseguisse falar com ele, saberia que DEUS estava na jogada. Porém, neste meio tempo, tentando ligar, nada acontecia. Comecei a jejuar por minha família, orar do meu jeito torto, até então e em um belo dia fiz um jejum de 24 horas e foi aí que descobri o quanto ainda iria sofrer, pois minha esposa havia engravidado de outro homem. Isso mesmo: ENGRAVIDOU de outro homem.


Pedi a DEUS para tirar aquele amor de mim. Senti que era doença aquele amor, porque quem poderia amar alguém grávida de outro homem dentro do casamento, pois não estávamos divorciados e a resposta de DEUS para mim foi: “Continue a orar e jejuar por ela!”.


Sem entender fui para ao templo em que congrego hoje, um local pequeno no bairro dos meus pais, onde estou residindo e cheguei lá nem sei como, pois comecei a frequentá-lo no mesmo dia em que recebi a notícia. Foi lá que DEUS levantou o meu Moisés para me ajudar no deserto. O nome dele é Helbert Neves, que, por sinal, é meu tio.

 

Depois de dois dias que isso aconteceu, finalmente consegui falar com o Pastor Fernando. Contei para ele a minha história e ele me disse que eu continuasse orando por sua esposa, que não desistisse dela, porque o que Deus iria fazer na minha família ia ser algo grande e que DEUS já havia levantado alguém para me acompanhar no meu deserto. Contei para ele da ligação com o meu tio e ele disse: “Este homem vai te guiar, faça o que ele mandar, pois DEUS o levantou para você e eu vou ser seu conselheiro, mais quem vai te guiar vai ser ele”.

 

Decidi que não poderia viver a vida como estava vivendo e me entreguei por completo para DEUS. Entrei para o quarto e disse: O SENHOR me quebrou, mas creio que o SENHOR é fiel para me reconstruir, pois por mim mesmo não tenho condições e que ali estava eu totalmente dependente dEle. Continuei emagrecendo, porém não havia mais de desistir da minha busca, quanto mais buscava mais notícias ruins eu recebia dela.

 

Comecei a orar a DEUS para que as pessoas que traziam as más notícias se afastassem de mim e a primeira coisa que pedi DEUS fez: RETIROU TODAS. Não chegavam mais notícias ruins dela, mas eu não parava de sofrer, pois insistia em ligar, saber o que ela estava fazendo e ela pisava e me maltratava, só falava no divórcio e que não voltaria mais, me mandava arrumar uma namorada por que com ela a fila já tinha andado. Tranquei-me no quarto. Quando saía na rua as pessoas diziam que eu havia acabado e comecei a acreditar que realmente estava acabado. Um belo dia orei novamente a DEUS, pois não aguentava mais as pessoas dizendo que eu estava acabado e abri minha Bíblia e DEUS falou novamente comigo por Isaías 48:9-15: “Por amor do meu nome retardarei a minha ira, e por amor do meu louvor me refrearei para contigo, para que te não venha a cortar. Eis que já te purifiquei, mas não como a prata; escolhi-te na fornalha da aflição. Por amor de mim, por amor de mim o farei, porque, como seria profanado o meu nome? E a minha glória não a darei a outrem. Dá-me ouvidos, ó Jacó, e tu, ó Israel, a quem chamei; eu sou o mesmo, o primeiro e também o último. Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos. Ajuntai-vos todos vós, e ouvi: Quem, dentre eles, tem anunciado estas coisas? O SENHOR o amou, e executará a sua vontade contra Babilônia, e o seu braço será contra os caldeus. Eu, eu o tenho falado; também já o chamei, e o trarei, e farei próspero o seu caminho.”

 

Um belo dia DEUS usou o meu tio e um amigo para falar a mesma coisa, que eu não enxergava. Eles disseram para mim que “AQUELE CASAMENTO ACABOU”, se DEUS quiser ele vai te dar um novo, mas vai ser Ele que vai fazer a obra e não você. Neste momento, abri os meus olhos.


Na mesma semana, o Pr. Fernando postou um estudo sobre como devíamos tratar com o cônjuge opresso e vi o que devia fazer. Desfiz-me do Facebook, parei de ligar, buscava meus filhos e já não queria vê-la e percebi que dei espaço para Deus me tratar. Entrei de cabeça na obra de DEUS, deixei-me conduzir por ELE. Fiquei sem contato algum com minha esposa e não há via uns quatro meses. Passaram aniversário de namoro, aniversário do meu filho mais novo, festas de fim de ano e eu vivendo da graça que DEUS havia me destinado e percebi que hoje amo a DEUS acima de todas as coisas e que Ele é o centro da minha vida e não há outro em seu lugar.

Neste ano um pouco antes do meu aniversário, que foi dia 08 de fevereiro, cumpriu-se mais uma promessa em minha vida. Quando todos disseram que eu havia acabado, Deus me mostrou que Ele me reergueria, e as pessoas começaram a me dizer que eu estava rejuvenescendo e estava bem. Que coisa boa!! Depois de tudo que havia passado.

 

Depois do ocorrido, a minha esposa me manda uma mensagem desejando feliz aniversário. Nem liguei, pois para mim, DEUS já não haveria de me devolvê-la e eu também já havia me enchido da graça dEle. Porém, o diabo, mais uma vez, se levantou. Colocou uma mulher no final para me testar e eu caí, pois ele queria mesmo me tirar o que DEUS tinha para mim. Caí, porém esta arma que o diabo usou para me enganar foi a mesma coisa que DEUS usou para fazer com que o que estava acabado. Os que disseram que não tinha mais jeito, que era para desistir, fosse usada para RESTAURAR O MEU CASAMENTO EM CRISTO.

 

DEUS, em nenhum momento, mentiu para mim. ELE só me fez ser totalmente dependente dEle e, uma vez com uns 20 dias de separados, uma pessoa na fila do banco, a qual contei a minha história, havia me dito que eu viveria em minha vida uma passagem Bíblica escrita em Oseias 2 e 3 e que as coisas não consertariam enquanto eu não vivesse. Pois, então, amados, leiam Oséias, capítulos 2 e 3 e verão minha história escrita neste texto.

 

Meu casamento foi restaurado!!

 

Agradeço ao Pr. Fernando pela dedicação e fidelidade a este Ministério, ao meu tio Beto pela paciência e sabedoria em conduzir-me pelo deserto da melhor forma possível. Tudo o que DEUS prometeu através dos seus servos, meu tio e o Pr. Fernando, se cumpriu. Nada melhor do que ouvir a voz de DEUS através do ungido DELE. Mas a Glória é de DEUS, e se a este DEUS você completamente se entregar assim como eu o fiz, se as águas não se abrirem, Ele te fará andar sobre elas.

 

DEUS não é homem para mentir e eu sou mais um milagre da sua fidelidade e amor, pois fui testado, forjado e aprovado e me sagrei vencedor.

 

DEUS seja louvado e eu cantarei, contarei e brilharei o seu amor para sempre.
Sejam edificados, pois assim como DEUS usou este Ministério e os testemunhos para me edificar, usará agora o meu também para junto com os outros já postados edificarem vocês também.

 

“Deleita-te também no SENHOR, e ele te concederá os desejos do teu coração. Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará.” Salmos 37:4-5.

Fabiane

05 de maio de 2016.

A Paz do Senhor !

 

Venho por meio deste declarar que Jesus Cristo é o Senhor da minha vida, e que o tempo de Deus e suas promessas se cumpriram em minha vida e na vida do meu esposo.
 

Deus é o Deus do impossível e do milagre. Foi através do milagre de Jesus que meu casamento foi restaurado. E não só o meu casamento. Antes de restaurar nosso casamento, Ele restaurou a mim e ao meu esposo primeiro. Depois de 2 anos e 7 meses separados, sem nenhum contato (como orienta o Pr. Fernando César), pois a distância que nos separava era de 3.000 km (moro em BH/MG e ele em Belém/PA). Desde quando nos separamos, apenas nos encontramos uma vez para audiência do divórcio (que já faz 2 anos).

 

Tinha certeza de que Deus faria a obra na nossa vida. Nunca duvidei disso. E Deus fez a obra por completo. Há um mês estamos juntos de novo. Hoje entendemos que sem o outro não podemos ser felizes e vivermos na presença de Deus. O fato é que nunca nos separaremos, pois foi no altar de Cristo que fomos abençoados com a graça do matrimônio.

 

Queremos construir nossa família e pedimos a presença de Deus em tudo. Deus é o centro de nossas vidas. Por isso, hoje estamos muito felizes.

 

Peço que continuem orando pela nossa união e por aqueles cujo tempo de Deus não chegou ainda. Não desistam!! Deus é um Deus de milagres!! O Deus das promessas nunca abandona um filho Seu.


Obrigada, meu Deus!! Obrigada, Jesus!!

Hoje sei que o Seu tempo e a sua hora são perfeitos em nossas vidas.

 

EU TE AMO, JESUS!!

 

Obrigada por este Ministério maravilhoso, que foi a minha força e a minha perseverança.
Que Deus continue abençoando este trabalho maravilhoso!!! Amém.

Salete

05 de maio de 2016.

Boa tarde!!

 

Pastor Fernando, acompanhei todos os e-mails de restauração familiar pelo meu trabalho, pelos quais sou muito grata ao senhor; e tenho também uma bênção para contar: o inimigo tentou destruir meu lar, mas, com a graça de Deus, após 2 anos, ele foi derrotado. Fiz campanha, orei muito, segui todas as suas orientações do senhor e alcancei a bênção tão esperada.

Obrigada por tudo e que Deus continue abençoando esse Ministério.

Mary

05 de maio de 2016.

Pr. Fernando, também quero deixar o meu testemunho de restauração do meu casamento, para honra e glória de Nosso Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus Pai.

 

Meu casamento sempre foi motivo de invejas das pessoas, inclusive, de parentes. Vinte anos de casados, meu marido sempre foi amoroso comigo, queria me dar de tudo, trabalhador, honesto, gostava de conquistar seus ideais.

 

Eu trabalhava na enfermaria do hospital, ia à igreja. Dificilmente convidava ele para ir comigo. A empresa que ele trabalha o transferiu para outra cidade, com casa e tudo, e eu não quis ir. Pensei: “não vou deixar meu emprego e ele teve que ficar em alojamento”. Nas folgas, ele vinha me ver.  Para mim estava ótimo. Trabalhava à noite e vivia cansada. Ele me convidava para sair. Eu sempre dizia que estava com sono. Então ele ia visitar a mãe dele. Com o tempo eu ia trabalhar; ele dizia que ia na mãe, mas estava mudando. Ficou distante, não me procurava mais. Ligava dizendo que não teria folga naquela semana. Eu, cega, achando que ele nunca seria capaz de me trair, até que, com o tempo, ao chegar do trabalho, ele estava me esperando. Sinceramente não o reconheci. Ele estava estúpido, me humilhou, disse que queria a separação, a liberdade, que não era feliz comigo, não me amava mais, que cada um fosse buscar a felicidade com outra pessoa; que Deus não havia abençoado o nosso casamento. Fiquei muda, perdi a voz. Tive que fazer cirurgia das cordas vocais. Ele acompanhou o tratamento, mas nunca foi o mesmo, não olhava mais nos meus olhos. Esperou voltar a minha voz e ele arrumou as malas disse ia morar com a irmã dele.

 

Passado uns dias, me falou conheceu uma menina 20 anos mais nova que eu, bonita, de corpo lindo, que estava atraído por ela, que ia ser feliz.

 

Entrei em depressão, não comia mais, queria morrer, emagreci 8 kg, chorava 24 horas por dia; meus colegas e familiares me mandavam encontrar outra pessoa, porque sou bonita, que ele não ia voltar mais, que o propósito de Deus era eu ser feliz com outro.


Foi aí que resolvi buscar na Internet algo sobre restauração familiar e Deus me mostrou este Ministério tão abençoado por Ele. Pr. Fernando, verdadeiramente o senhor é um ungido de Deus.

 

Todos os dias, lia os estudos, os testemunhos. Conheci o que era um deserto espiritual, o que o inimigo faz com uma família. Ele queria até que eu tirasse minha vida. Chorei, jejuei, orei, fui à igreja, fiz campanhas. Várias vezes quis desistir, mas Deus me levantava.

 

Foi quando, no ato de desespero, disse: “Senhor, se só eu estiver orando e sofrendo, eu desisto!”.


Em uma madrugada, com a TV ligada, em um grupo de oração, Jesus me falou: “ainda hoje, te darei um sinal”. Olhei no relógio. Eram duas horas e meia. Não consegui dormir. Saí cedo. Disse comigo: “aqui em casa, não vou ter resposta”.  Andei o dia todo. Até papéis que me entregavam.  Eu lia para ver se era resposta de Deus. Cansei. Quando estava voltando para casa, olhei no relógio e eram 17 horas. Quando virei a esquina de casa, o sol quase me cegou. Eu enxerguei o carro do meu marido na frente de casa e disse: “Meu Deus, eu não estou arrumada como queria e minha casa está bagunçada!” Que susto! Era o carro do sobrinho da minha mãe. Com isso, vi que não estava preparada ainda. Tinha que mudar. Mudei tudo dentro de casa. Joguei enfeites, louças, roupas, me arrumei mais, pintei minha sala, continuei fervorosa nas orações.


Todos os dias, continuava lendo todos os estudos e testemunhos deste Ministério e seguia rigorosamente as orientações do Pr. Fernando, que me acompanhou neste meu deserto espiritual.

 

Chorava, orava, mas as respostas não vinham. Não ligava para ele e nem ele para mim. Foram 7 meses nessa. Eu já estava desesperada. Comprei um novo chip e liguei para mãe dele e pedi que entregasse para ele, porque havia perdido o meu antigo chip. Ele então me ligou. Não acreditei. Falou que não estava bem, que não dormia, que havia batido o carro. Eu disse que tinha umas correspondências para ele pegar, e a carteira dele, que viesse buscar o que pertencia a ele. Ficou quieto. Perguntei se ele acreditava em Deus. Ele respondeu que sim. Então pedi que orasse. Passaram 15 dias eu em campanhas, orando , chorando, disse ao Senhor que fosse feita a vontade DELE, que eu era o vaso em Suas mãos.

 

Disse que ligaria para ele, mas que se não fosse da vontade do Senhor que ele não me atendesse. Ele atendeu. Marcamos um encontro. Foi lindo. Ele estava triste, disse que não era feliz sozinho, que era feliz quando morava comigo, que nunca deixou de me amar, que pediu outra casa para morarmos juntos, pois a OM queria até se casar com ele.

Contou também que nunca gostou dela, que o mundo dela não era o dele e já fazia 15 dias que tudo tinha terminado.

 

Meu DEUS, TU ÉS DIGNO DE TODO LOUVOR, TU ÉS A GLÓRIA, E FAZES MILAGRES E PRODÍGIOS.


Quero ser um grão de poeira escondida em Seu Trono só para ouvir a Tua Voz para sempre. Não te deixo por nada porque TE AMO!

Sei que terei uma nova história no casamento, mas, agora, o MEU DEUS É O CENTRO.


Irmãos, nunca desistam dos seus esposos e esposas, pois é isso que o inimigo quer. Orem, confiem! O que Deus uniu o homem não separa!!

JESUS MANDA EU TE DIZER HOJE: “CONFIE EM MIM, EU SOU O SENHOR DOS EXÉRCITOS E VOCÊ É O AMOR DA MINHA VIDA. EM BREVE, EU TRAREI O TEU CÔNJUGE DE VOLTA, ESTOU SEMPRE AO TEU LADO!”.

 

Obrigada ao Pr. Fernando por tudo e por este Ministério lindo!!

 

Adilene Aragão

08 de abril de 2016.

Paz, irmãos!

 

È com muita alegria que venho testemunhar que Deus trouxe meu esposo de volta. Foram 3 anos de oração de jejum, de renúncia; um deserto profundo.

 

Graças a Deus que colocou o Pastor Fernando em meu caminho. Através de suas orientações, fui prosseguindo. Foi difícil, muito doloroso ter que renunciar a muitas coisas, inclusive o deixar ir e nem sequer falar com meu esposo por telefone. Ele já estava morando com a O.M, teve uma filha com ela, e, mesmo assim, Deus me honrou e restituiu um casamento de 27 anos (o primeiro de ambos). Temos 3 filhos e 1 neta.

 

Hoje ele busca o Reino comigo. Sei que Deus irá terminar a obra que começou em nossas vidas; sei que ainda estou na guerra até meu esposo se converter plenamente, mas creio que as promessas de Deus virão sobre mim e vou poder dizer: EU E A MINHA CASA SERVIRMOS AO SENHOR.

 

Obrigada, Pastor Fernando, pela paciência que teve comigo, em me aconselhar, me orientar e me acompanhar. Louvo a Deus pela sua vida e da sua família. Aconselho a todos que estão passando pelo que eu passei que procure esse homem de Deus. É difícil, dói muito, mas a vitória é certa.

A. N.

08 de abril de 2016.

GOSTARIA QUE NÃO FOSSE DIVULGADO MEU NOME POR FAVOR.

 

Bom dia, irmãos, e a Paz de nosso Senhor Jesus Cristo! Finalmente chegou meu dia de postar meu testemunho. Bom somos casados há 8 anos; temos uma filha hoje com 4 anos. Quando casamos, ainda não éramos evangélicos, mas, desde ali, Deus já tinha um propósitos em nossas vidas, isso porque através de uma amiga de minha esposa conseguimos nos casar em um templo Batista. Em 2009, minha esposa se converteu e eu, sempre gostei de ir aos cultos mais nunca tinha assumido um compromisso de verdade.

 

Quando foi em 2011, ela se afastou. Nunca tivemos uma convivência boa mais dava para levar, porém a partir, mais ou menos, após ela se afastar começou a afundar de vez nosso casamento. Eram muitas conversas de traições que chegavam aos ouvidos dela e isso foi contribuindo para o fracasso, até um envolvimento com uma tia dela foi falado, mais todas essas historias maldosas, graças a Deus, nenhuma foi verdade. Porém ela foi acreditando e em 2013 ela me falou para ir embora de casa e eu não fui a principio. Então ela falou que não tinha mais nenhum compromisso comigo, e continuamos morando na mesma casa, porém, separados de corpos. Em 10 de março de 2013, resolvi me converter.  Irmãos, aí veio a primeira investida do inimigo para evitar isso:  decidi que no domingo eu ia numa igreja para aceitar a Deus. Quando no sábado, um dia antes, cheguei em casa do trabalho, achei a casa limpa sem nada dentro. Irmãos, confesso que quase não suportei ver aquela cena. Minha esposa tinha alugado uma casa e esperou o momento de sair de casa com nossa filha. Mesmo assim, no dia seguinte, fui à igreja e fiz minha aliança com Deus, só que teve um detalhe: quando eu estava tomando banho para sair para igreja, me veio uma dor de cabeça insuportável e eu comecei a me bater no banheiro. Fiquei com medo de cair e me cortar no blindex, mas comecei a clamar a Deus e consegui sair de casa a caminho da igreja. Acreditem, a dor só passou no momento em que levantei a mão na igreja e selei minha aliança. Voltei para casa e continuei a morar numa casa vazia onde não tinha nem água para beber. Graças a Deus, 15 dias depois, ela voltou para casa, mas continuávamos separados. Aí começou a parte pior: alguns meses depois da volta dela, descobri, através do email dela, que ela estava tendo um caso com um colega do trabalho, homem esse que andava dentro da nossa casa como nosso amigo. Outra pancada! Pensei que não suportaria. Logo após eu descobri esse fato, ela me obrigou a sair de casa. Então fui aconselhado pelo meu pastor a sair de casa e a confiar em Deus. E assim foi feito. Saí de casa no dia 26/08/2013, aluguei uma casa e fui embora só com minhas roupas, um colchão e minha Bíblia (talvez o que eu precisava naquele momento). Deus sempre manda um anjo para cuidar de nós e conheci um amigo cristão que me segurou em todos os sentidos e, através dele, conheci esse Ministério de restauração familiar do pastor Fernando César.

 

Comecei a ler os testemunhos e isso foi fortalecendo minha fé na restauração. Mandei perguntas ao pastor, ele me respondia e assim foi. Ai veio outra investida do inimigo: soube que minha esposa começou um relacionamento com um colega da faculdade. É incrível, mas só chegava notícia ruim. Fui proibido de ver minha filha na casa que era nossa. Comecei a ver minha filha a cada 15 dias. Logo em seguida, ela me falou que ia dar entrada no divórcio. Assinei os papéis, confiando em Deus que tudo isso terei um volta. Irmãos, sofri demais. Já não comia direito, não dormia, não trabalhava direto. Foi horrível! Mas fui caminhado e me jogando de cabeça em Deus. Foram várias campanhas de oração, várias revelações que Deus ia restaurar, muitos jejuns. Não foi fácil. O tempo passando e só notícia ruim chegava. A última foi que minha esposa estava morando com esse homem na casa que era nossa, mas meu foco era Deus.

 

Um ano depois de sair de casa, cometi um erro: encontrei uma professora da academia do passado e logo em seguida começamos a namorar.  Três meses depois ficamos noivos. E o tempo foi passando, mas em meu coração eu sabia que a única coisa que acaba um casamento é a morte e que segundo casamento com os cônjuges vivos é adultério. Então começou a cobrança por um casamento e eu sempre dava desculpas. Começaram aparecer os problemas. Creio que já era Deus dando um basta nisso tudo. Mais ou menos, no final de maio e começo de junho, decidi terminar e, em julho, aconteceu o incrível: meus irmãos, no relacionamento de minha esposa estava acontecendo a mesma coisa. Em agosto, ela foi para um encontro com Jesus (um retiro espiritual) e lá ela resolveu voltar para Jesus.  Era tudo o que faltava. Aí Deus fez a obra completa sem eu nem minha esposa falarmos um com o outro. Praticamente na mesma semana, terminei meu relacionamento e minha esposa também. Pois um fim no dela, então começamos a nos aproximar através de conversas pelo telefone e, finalmente, marcamos para almoçar juntos e nesse dia 29/08/2015, em um restaurante aqui de Salvador-BA, minha esposa me olhou e me disse: “Sua esposa está de volta. Nossa família está junta de novo como nunca era para ter deixado de estar”. Que emoção! Dois meses depois, voltei para a nossa casa e estamos felizes. Claro que não é fácil esse retorno, pois, infelizmente, existem consequências por conta de alguns atos dela que me machucaram muito, mas confio em Deus que tudo vai ser melhor do que antes.

 

Queria agradecer primeiramente a Deus, depois ao Pastor Fernando César por esse ministério abençoado; a Jeférson que foi e é um anjo enviado por Deus para me ajudar até hoje.

 

Irmão, você que está passando por uma situação semelhante preste atenção: seu casamento tem solução! Seu marido tem solução! Sua esposa tem solução! E essa solução se chama DEUS, DEUS, DEUS, DEUS! Ele fez no meu casamento e vai fazer no seu também. Acredite, espere e confie! Ele pode todas as coisas e vai fazer. CREIA! CREIA! CREIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!

Eracliene

08 de abril de 2016 (Publicado com atraso).

Pastor Fernando, Obrigada!!! Pois, eu esperei pacientemente, no Senhor, por este dia de registrar neste Ministério a nossa vitória.


Neste deserto, não sei exatamente como recebi um e-mail de alguém chamado Fernando. Este alguém foi um instrumento usado por Deus para que eu pudesse continuar a minha caminhada. Este homem se mostrou defensor do casamento, conforme os olhos de Deus e naquele momento da minha vida, quando nem eu mesma cria, Deus me socorreu através dele que, até então, eu não conhecia.

 

Assim, conheci o Ministério Restaurando Famílias para Cristo. Aos poucos, busquei conhecer mais sobre o Ministério. Descobri que ele é pastor, líder do site http://www.familiasparacristo.com.br. Li praticamente todos os seus estudos, confrontei alguns com a Bíblia e passei a compreender como Deus vê o casamento. Passei dar passos firmes no meu deserto bem mais aliviada, pois eu tinha certeza que eu estava no caminho certo. Por várias vezes me senti cansada, desanimada, me sentia como se estivesse fazendo papel de ridícula, mas DEUS sempre mandava respostas através dos estudos e das palavras de conforto vindas do seu servo, Pr. Fernando. Tive o privilégio de ser acompanhada por ele em meu deserto. Glória a Deus pela sua vida, Pastor Fernando.


Eu aprendi que não seria fácil, mas que a vitória era certa, pois quem dava essa garantia era DEUS. E EU ME AGARREI A ESSA CERTEZA COM TODAS AS MINHAS FORÇAS!
 

O meu marido saiu de casa em 29 de agosto de 2009 (é uma data que nenhuma esposa repudiada esquece) e, nesse período, eu tive que me virar sozinha como os meus dois filhos (07 meses e 09 anos). Foi muito difícil suportar a indiferença, o olhar frio, a observação por parte dele, pois nesse momento estamos sendo observadas pelos nossos maridos. É o momento em que ele quer ter a certeza de que fez a escolha certa em se separar. Por isso, é tão importante que mudemos os nossos velhos hábitos, não somente com os nossos maridos, mas principalmente, com os nossos filhos, amigos e familiares. Com os filhos mais ainda, pois estão recebendo uma carga para a qual não estavam preparados e amadurecidos.
 

É o momento de cantar dentro de casa, de dançar, momento de buscar um relacionamento íntimo com Deus, permitir que o Senhor ocupe o seu lugar, que é o primeiro em nossas vidas. Lembrando que toda situação está sob o controle de Deus. É tempo de agir pela fé. Deus me ensinou a agir pela fé, pois a fé sem obras é morta. Durante todo este tempo, o lado do guarda-roupa e as gavetas que pertencem ao meu marido estiveram vazios. A minha aliança sempre no dedo, o meu proceder de esposa Deus aprimorou, pois eu passei a honrar o meu marido com obediência, com o silêncio. Deus é tremendo! Quando foi uma noite em que eu cheguei em casa (ainda sem o meu marido) e fui jantar, eu ouvi, nitidamente, Deus me dizer: “a partir de hoje deixe o jantar do seu marido todos os dias”. Amados, foi tão nítida essa voz, como se ela viesse de alguém de carne e osso que estivesse falando do meu lado, mas foi a voz de Deus que falou ao meu coração. E, assim, Deus foi trabalhando… E quando o meu marido chegava inesperadamente à noite, eu o servia. A obediência a Deus O agrada.


O Senhor é o meu socorro bem presente nas tribulações. Muitas vezes por não vermos a ação imediata de Deus, achamos que Ele não está se importando com o nosso sofrimento, mas Deus nos diz: “Não temas porque Eu sou contigo, não te espantes porque Eu sou o teu Deus”.
 

O Senhor me disse em sonho: “Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus”. E, mais: “Se creres verás a glória de Deus”. AMÉM!!!!!!!!!


Em uma determinada noite, Deus se revelou para mim e disse: “Eis que derramarei vinho novo no teu casamento”. GLÓRIA A DEUS!!!!!!!!!!


Deus me instruiu a me cuidar como mulher, andar sempre arrumada, as crianças sempre cuidadas, a cuidar da obra de Deus, da casa, enfim, DEUS ME CAPACITOU EM TUDO!!!!!! COMO EU TE AMO, MEU PAIZINHO!!


Constantemente, Deus confirmava ao meu coração: “AINDA QUE O TEU PAI E A TUA MÃE TE ABANDONEM, EU, JAMAIS, TE ABANDONAREI”.


E, eu segui, estudando a bíblia, lendo os estudos, orando, louvando. Fiz um voto, diante de Deus, de jejuar até o dia que o meu marido voltasse pra casa. Esse voto foi feito no dia 23/12/2009 e só terminou no dia 10/10/2011. Quantas vezes eu tive vontade de desistir, mas Deus não permitiu. Eu dizia: “Senhor me ajuda, me dá forças”, e assim Ele fez. Ajudou-me, me fortaleceu e me deu a minha vitória nas minhas mãos. GLÓRIA A DEUS!!!!!!!!!


Não foi o jejum que trouxe o meu marido, não foram as orações, não foram as lágrimas, mas foi a fé que Deus era capaz de fazer o impossível.


Deus me fez uma tremenda surpresa, pois o meu marido chegou a um domingo (dia: 02/10/11) e foi ficando, ficando, ficando… Ele chegou, dormiu em casa, e foi para o serviço no outro dia. Voltou para casa e está até hoje. Ontem (20/10/11) ele me chamou e disse eu vou trazer todas as minhas coisas e nós vamos tentar de novo. Deus me honrou, amados e amadas, DEUS VENCEU POR MIM, DEUS HONROU AS MINHAS LÁGRIMAS, HONROU O MINISTÉRIO RESTAURANDO FAMÍLIAS PARA CRISTO, DEUS HONROU A SUA PALAVRA, HONROU O SEU PROJETO DE FAMÍLIA, E ME MOSTROU QUE É ELE QUEM DETERMINA, QUEM DÁ A ÚLTIMA PALAVRA. HOJE EU CONHEÇO O DEUS TODO-PODEROSO E, HOJE, EU SEI QUE ELE É O REGENTE DE TODAS AS COISAS. HOJE EU SEI QUE ELE FAZ O IMPOSSÍVEL E EU NÃO CONHEÇO SÓ DE OUVIR FALAR, OU DA BÍBLIA, EU CONHEÇO PORQUE EU VIVI E VIVO O MILAGRE QUE VEM DELE.


DEUS, EU TE RENDO TODO O MEU LOUVOR, TODA MINHA ADORAÇÃO, RENDO, DIANTE DE TI, O MEU CORAÇÃO, A MINHA VIDA. TE AMO! O MEU PAI ME ABANDONOU QUANDO EU ERA AINDA UMA CRIANÇA; QUANDO JÁ MULHER, O MEU MARIDO ME ABANDONOU, MAS O SENHOR NUNCA ME ABANDONOU E AINDA ME DEVOLVEU O MEU CASAMENTO RESTAURADO E EU ESTOU CERTA DE QUE O TEU AMOR PELO MEU MARIDO É MUITO MAIOR DO QUE O MEU.


PR. FERNANDO, OBRIGADA PELA SUA FÉ, PELO SEU AMOR POR ESSA CAUSA. EU, CERTAMENTE NÃO TERIA CONSEGUIDO, SE NÃO FOSSE A SUA DEDICAÇÃO. DEUS ME SOCORREU POR VÁRIAS VEZES ATRAVÉS DOS SEUS ESTUDOS, PALAVRAS DE CONFORTO E, PRINCIPALMENTE, ACOMPANHAMENTO DIÁRIO. COM VOCÊ APRENDI A OBEDECER E A SER A MULHER SUBMISSA QUE DEUS DESEJA… OBRIGADA!!!!!!!


Há muito mais para registrar, mas não caberia nestas linhas, mas eu dou todo o crédito ao meu DEUS, AQUELE QUE ERA, QUE É E QUE HÁ DE VIR.


Eu não sou forte, ou determinada, nem tão pouco campeã nesta jornada, mas, eu sou sim, em Cristo, mais que vencedora. O meu marido não é um troféu, ele é a prova de que DEUS NÃO PERDE BATALHA. NUNCA DESISTA DOS SONHOS DE DEUS PARA TUA VIDA, MEU AMADO OU MINHA AMADA. O NOSSO DEUS É O DEUS DO IMPOSSÍVEL!!!!!!!!!


EU LEVEI ALGUNS ANOS PARA ESCREVER O MEU TESTEMUNHO, MAS, SE PRECISO FOR, EU FARIA TUDO OUTRA VEZ, POIS FOI ASSIM QUE EU PUDE CONHECER AQUELE A QUEM UM DIA EU ENTREGUEI A MINHA VIDA. TE AMO, PAI!!!!!!

Zeniely

21 de maio de 2015.

Irmão amados, venho aqui dar meu testemunho de restauração do meu lar. Deus é tremendo! Ambos estamos no primeiro casamento.

 

Bem sou casada há quase três anos e, já no primeiro ano, enfrentamos muitas dificuldades, inclusive, financeira, ciúmes etc., o que levou meu esposo a me deixar uma primeira vez em julho de 2013, com apenas 6 meses de casados. Porém, por muita insistência minha e do meu pastor, fomos a um encontro de casais do qual voltamos com 13 dias de separados. Bem voltamos, ele se afastou das amizades antigas e começou a ir novamente a igreja comigo, só que fomos nos afastando, esfriando na fé, até que paramos completamente. A partir daí as portas ficaram abertas para o inimigo agir. Ele voltou a ter amizades antigas de barzinhos, festas etc. e eu ouvindo no meu coração: “ore por seu casamento; fortaleça-se na fé”, mas eu não dava ouvido a voz de Deus.

 

Afastei-me por completo de Deus e queria fazer com minhas próprias mãos aquilo que só o Pai podia fazer. Eu queria que o meu esposo me amasse como antes, me tratasse como antes, só que as coisas só pioravam.  Até que um dia, após uma briga boba, meu esposo saiu de casa novamente. Logo em seguida, ele se envolveu com outra mulher, só que Deus não permitiu que isso fosse muito longe. Logo a outra mulher foi de viagem e ele foi para a casa da mãe dele no Brasil ( moramos na Bolívia, em Sucre). Eles só conversavam pela Internet. Eu sempre me humilhando, pedindo para ele voltar, escrevendo textos enormes de arrependimento; e ele sempre dizendo que não tinha mais volta, que ele não me amava mais, que só iria ajudar nosso filho para eu não confundir as coisas (nesse período eu estava grávida de 6 meses). Eu orava e intercedia, dizia que não aceitava meu lar destruído, que não iria criar meu filho sem o pai.

 

Pedi perdão a Deus por todos meus pecados. Reconheci o quanto errei com meu esposo e pedi perdão a Deus. Foi 1 mês e 13 dias exatos de oração incansável, seguida de jejum para Deus restaurar o amor. Pedi para Deus assim que quando ele me visse, depois de todo esse tempo, que no primeiro olhar ele me olhasse diferente com olhos de amor e arrependimento. E assim aconteceu. Fui para o Brasil, para a casa dos meus pais e ele foi conversar comigo a respeito do bebê e do parto. Só que na hora que ele me viu, ele me deu um abraço tão forte e caiu uma lágrima dos olhos dele. Só que ele não disse nada, ficou calado. Eu via nele um olhar diferente. Peguei nosso álbum de casamento (que nós não tínhamos visto juntos ainda), quando eu mostrei para ele, os olhos dele se encheram de lágrimas outra vez. Ele agarrou minha mão com força, mas não disse nada. Depois de um tempo, ele ali em casa, me disse: “vamos a minha casa. Minha mãe quer te ver e você vai dormir lá hoje”. Eu respondi: “está bem”. Fui chegando lá na minha sogra, conversamos bastante, ele se aproximando de mim cada vez mais, até que ele me disse, me contou tudo o que ele tinha feito, me contou da outra mulher, me pediu perdão por tudo e disse que me amava e que sentia no coração dele um desejo de voltar e ter a família dele de volta, que sentia um amor por mim tão grande, como nunca havia sentindo antes; que estava muito feliz por eu estar ali com ele. Mais uma vez me pediu perdão e disse que me mostraria que me ama muito; que iria voltar para a igreja e que jamais deixaria.

 

Foi tudo muito lindo e perfeito o que DEUS fez. Creio que Deus fará tudo maior do que eu possa imaginar. Deus é tremendo! Não desistam das suas famílias! Separamo-nos no dia 23/12/2013 e voltamos para sempre dia 13/01/2015. Meu coração grita de alegria e de agradecimento a todos que orarão por mim e ao Pastor Fernando por todas as orientações e acompanhamento que me proporcionou. Lia todas as mensagens e testemunhos. Foi isso que me fortaleceu na fé e não me deixou desistir jamais. Amo o meu Deus!!

Rosana

21 de maio de 2015.

Bom dia, irmãos, e a Paz de nosso Senhor Jesus Cristo!

 

Não vou relatar meu testemunho porque é muito longo, mas passei pelo deserto, onde houve adultério , abandono e muitas outras coisas.
 

O que quero dizer é que Deus é fiel e defende as famílias. Por muitas vezes pensei em desistir. Lutei e luto junto com Deus e Ele tem sido muito fiel. Meu casamento foi restaurado, apesar de ainda não está morando junto ao meu marido porque ele está trabalhando a 3.000 km de casa, mas Deus já está providenciando em nos colocar novamente lado a lado como deve ser um casal. Meu casamento já está restaurado!!
 

Nunca desista de sua família! Lute junto com DEUS que a vitória é certa. GLÓRIA AO PAI, AO FILHO E AO ESPÍRITO SANTO.

Kayane

21 de maio de 2015.

Quero dizer a todos para jamais desistir de seus esposos, pois Deus é poderoso para trazê-los de volta, pois, assim, Ele fez comigo. Mas foi necessário muita oração, jejum, leitura da Palavra e adoração, juntamente com muito choro, desespero e até vontade desistir, mas em tudo Deus me ajudou a suportar, pois Ele sabe o final vitorioso que tem preparado para nossas vidas.

 

Fácil não foi e não é, mas precisamos ter um coração perdoador e submisso a Deus e ao nosso marido que Deus faz a obra ser completa.

 

Creio com convicção que Ele aperfeiçoará nossa união Nele, com a certeza de que o Nome Dele sempre será glorificado em tudo. Fiquem em paz, e não cessem de orar e buscar a Deus em todo tempo, principalmente quando tudo parecer perdido.

 

Vanessa Alves Rocha

11 de fevereiro de 2015.

Pastor Fernando e irmãos em Cristo, Graça e Paz! Louvo e glorifico a Deus por ter chegado a minha vez de testemunhar! As lutas e as afrontas foram tão grandes que achei que não chegaria este dia.

 

Sou evangélica há 18 anos, e quando entrei na faculdade conheci meu esposo. Nós namoramos por 05 anos e ele frequentou a igreja por um bom tempo, mas ele foi desanimando até que parou. Eu não quis abrir mão do nosso relacionamento e acabei casando assim mesmo. Com 08 meses de casamento, descobri, por uma conversa em uma rede social, que ele estava me traindo. Ele estava saindo com uma moça da academia onde trabalhava, que era casada há 03 anos e dizia não gostar de seu marido.

 

Irmãos, foi um choque! Falei com minha mãe e com os pais dele, pois estava perdida e não sabia o que fazer. Achei por bem ficar na casa da minha mãe para ver se ele despertaria e sentiria minha falta, foi aí que errei. Não deveria ter saído de casa, pois foi quando eu saí que a outra mulher entrou de vez na vida do meu esposo. Ela se separou do marido, alugou um apartamento na esquina da casa da minha mãe que era onde eu estava morando e levou ele para morar junto. O período da minha saída de casa até o dia dele se mudar para o apartamento dela foram de 02 meses. Na cabeça do meu marido não tinha mais volta. Ele dizia que não me amava mais e que não voltaria nunca para mim. Irmãos, eu emagreci tanto, não tinha mais roupa que coubesse em mim. Quanto mais tempo eu passasse dormindo para mim era melhor, eu queria acordar e ver que era tudo apenas um pesadelo! Ele brigou tanto comigo e me humilhou tanto que fui obrigada a dar a metade dos meus móveis para ele. Ele dormia com a outra em nossa cama, usando nosso guarda-roupa, nosso enxoval, tudo!! Isso me doeu tanto. A outra parte dos móveis que ficou comigo eu não quis abrir mão pois eu cria que meu marido voltaria e eu tornaria a usá-los e foi o que aconteceu.

 

Chegou a hora de ter uma conversa com Deus. Eu fiz uma campanha de oração na madrugada e perguntei ao Senhor o que Ele queria que eu fizesse. Os 07 dias de orações as respostas foram as mesmas: “Eu Restaurarei!”. O Senhor me levou a vários textos da Palavra e confirmava sempre que pedia confirmações de que era Ele falando comigo. O Senhor teve muita paciência, pois eu fazia como Gideão, pedia sinais e confirmações e Ele sempre me atendeu. Eu achei que minha luta duraria uns 03 meses, que logo um dos dois desistiriam. Mas, irmãos, minha luta durou 01 ano e 01 mês.

 

Nesse período, muitos irmãos da igreja, parentes e amigos diziam para eu desistir, partir para outra, mas eu havia recebido palavras do Senhor e cria que poderia virar tudo de ponta cabeça. A Palavra do Senhor se cumpriria. Fui procurada por homens de dentro e de fora da igreja, todos bonitos e cheios de lábia. E assim foi, irmãos, com muita tentação, muito choro, muita humilhação, muita gente me virando as costas e meu marido me mandando mensagens me pedindo o divórcio. A outra levou ele para duas igrejas que se denominam evangélicas e diziam para meu marido que ele deveria se divorciar e casar com a amante. Ele tentou dar entrada no divorcio duas vezes, mas sempre que chegava o dia de comparecer no advogado ele não conseguia ir. Comecei a confessar a Palavra de Deus com fé! Sempre declarava um versículo que recebi do Senhor que está em Isaías 62: "Eu serei a procurada, a desejada, a cidade não desamparada.. e minha terra será conhecida como a casada!".

 

Quando comecei a confessar a Palavra e ao mesmo tempo liberar o perdão para a vida do meu esposo e para a amante, as coisas começaram a mudar. Comecei a declarar que perdoava a outra por ter roubado meu marido e minhas coisas. Comecei também a cuidar mais de mim e procurar a me arrumar mais e a fazer mais amizades na igreja para distrair minha cabeça.

 

Meu esposo começou a enviar mensagens me pedindo perdão, dizendo que não estava fácil e que havia se arrependido. Durante esse 01 ano eu saí com meu esposo 08 vezes, aí foi meu outro erro. Pois ele me procurava, dizia que me amava, eu cedia e ele voltava para a outra. Todas às vezes eu pensava que já era Deus trazendo ele e eu queria dar uma ajudinha para Deus, mas não era tempo ainda. O Senhor não precisa da nossa "mãozinha". Isso foi até que li a mensagem do Pastor Fernando César que dizia que não deveria ceder, pois a dor do segundo e terceiro repudio doeria mais e que poderia voltar para ele apenas quando ele se convertesse ao Senhor e fôssemos acompanhados por pastores.

 

Quando comecei a dizer não para meu esposo e continuei declarando a Palavra, aí, sim, meu cativeiro começou a virar de vez. Eu mudei minhas atitudes, meu coração mudou. Esse deserto me deixou uma pessoa mais mansa, mais submissa e me fez entender que Deus tem que ser não apenas o primeiro, mas tem que ser tudo. Todos podem faltar e falhar, mas Ele nunca nos desampara. Depois de dez meses juntos, meu esposo se separou da outra e voltou para a casa da mãe dele. Foi aí que a outra começou a sair com outro homem para provocá-lo. Ele não aceitou a situação e começou a ir atrás dela, mas ela dizia que já não queria mais. Então a mãe dela aconselhou meu marido procurar determinada igreja evangélica, pois lá havia psicólogos de plantão, e ele foi. Só que não eram psicólogos e, sim, pastores. Esses pastores mostraram à luz da Palavra que ele estava em pecado e deveria se consertar com Deus e voltar para seu primeiro casamento. Ele seguiu os conselhos dos pastores, me procurou, pediu perdão e passamos a ser acompanhados por esses pastores.

 

Do dia em que ele voltou para a casa da mãe dele até morarmos juntos foram 03 meses.

 

Hoje, irmãos, meu marido está prestes a se batizar. Estamos morando juntos há 04 meses e vejo, a cada dia, a fidelidade do Senhor mudando o caráter do meu esposo. Ele faz gentilezas para mim que nunca fez em todo tempo em que estávamos juntos. Estamos envolvidos com os casais da igreja e frequentamos os cultos semanalmente. Hoje ele jejua, ora e diz que olhar para trás é só para ver o quanto ele já conseguiu caminhar e o quanto foi liberto. Ele recebeu algumas confirmações da parte do Senhor sobre o chamado ministerial que o Senhor tem na vida dele. Eu fico maravilhada com as coisas que o Senhor tem feito! Até de trabalho ele mudou, agora está em uma empresa com registro e está sendo honrado.

Hoje minha luta serve de testemunho para aqueles que estão sofrendo nessa área e para todos os que duvidaram da nossa vitória.

Meu queridos, gostaria de poder contar-lhes todos os detalhes, pois eu lia diversos testemunhos neste Ministério, buscando me identificar com algum deles. Sei como é dolorido esse deserto! Mas acima de qualquer coisa que possa dizer, gostaria de pedir o que Judas capítulo 01 diz: "Batalhem pela fé". Guardem a fé sem duvidar. Não olhem nem para a direita nem para a esquerda, mas somente para Deus. Aquele que fez a promessa é fiel para cumprir. Amém!

 

Obrigada, Pastor Fernando, por ter feito este Ministério de restauração familiar e por dedicar sua vida a ele. Com certeza, é um canal que alcança muito mais vidas do que o senhor pode imaginar. Foi 01 ano lendo os seus estudos e aprendendo dia a dia como passar esse deserto em vitória. Deus te abençoe!

Patrícia Costa

11 de fevereiro de 2015.

A Paz, meus amados de Deus! 

 

Hoje venho aqui fazer algo que imaginei que nem tão cedo iria fazer: testemunhar do que Deus fez no meu casamento.

 

Primeiro quero começar a dizer para aquelas e aqueles que estão lutando pelo seu casamento que ainda que pareça impossível, ainda que as circunstâncias mostrem o contrário, ainda que as pessoas te julguem, não desista do seu casamento! Deus vai honrar a sua fé!! 

 

Logo que descobri este Ministério através de uma prima, quando comecei a ler os testemunhos não dei muita importância. Estava muito triste e minha fé estava esmorecendo. Mas depois que fui vendo casos bem mais complicados que os meus e pela resposta muitas vezes rápida de Deus, minha fé voltou a se firmar.

 

Eu era casada há apenas 6 meses, quando me separei do meu esposo. Éramos cristãos. Eu há 5 anos; ele, novo convertido. Casamo-nos. Mas aprendi que tudo é no tempo certo de Deus. Eu e o meu esposo nos precipitamos ao marcar a data do nosso casamento. Fomos levados a antecipar por motivos egoístas. Resultado: uma vida de inferno! 

 

Brigávamos sempre, por motivos banais, por imaturidade. Parecia um cabo de guerra. Houve muitas agressões verbais, palavras que machucavam muito. Eu não era a mulher sábia que edificava o lar, e ele por sua vez não me amava como Cristo amou a igreja e por ela deu a Sua vida. Eu era uma mulher rixosa, que só reclamava, só apontava seus defeitos, nunca exaltava suas qualidades. Brigava por qualquer coisa, não sabia relevar nada. Ele era briguento, egoísta, grosso. Não se importava se ia me machucar. E era assim a nossa vida. Separamo-nos várias vezes nesse pouco tempo, até que chegou o limite. Ficamos 4 meses e 10 dias separados. 

 

Sofremos muito separados. Chegou um tempo que não mantínhamos mais contato. Eu emagreci 9 quilos, comecei a tomar remédio para conter a ansiedade. Foi muito difícil. Parecia que o meu mundo tinha acabado. Mas, graças ao nosso bom Deus, eu fazia parte de uma igreja abençoada que me apoiou muito, me deu muitas forças, onde eu cuidava do ministério infantil. Por muitas vezes pensei em desistir. Cheguei a dar aulas para as crianças chorando. Mas Deus estava sempre comigo, segurando as minhas mãos e sussurrando no meu espírito: “Filha, não desista!”.

 

Confesso, irmãos, que eu tirei forças de onde eu não tinha.  Mas tive muito apoio da minha igreja, do meu pastor, da minha família, da minha mãe. Graças a Deus! Lá no fundo do meu coração, eu sabia que a nossa história não tinha acabado. Mesmo separados, nos amávamos muito. 

 

Eu comecei a ler sobre restauração de casamento. Li todos os estudos do Pastor Fernando César, suas reflexões e vídeos, além, claro, dos testemunhos de restauração. Muitas vezes lia aos prantos. Fortificou-me bastante. Eu sabia que tinha que fazer alguma coisa. Perguntava para Deus o que eu tinha que fazer e Deus, por muitas vezes, ficava em silêncio. Só me dizia: “Não desista!”. Foram momentos de muita angústia. Mas confesso que tive um grande aprendizado, um grande amadurecimento espiritual.

 

Obtive grandes e poderosas experiências com Deus. Até que um dia, quando eu juntamente com a minha igreja estávamos num propósito de fazer o jejum de Daniel, coloquei a restauração do meu casamento como um dos motivos. O principal, na verdade. E, no meio do jejum, aconteceu algo que me abalou temporariamente: meu marido veio me pedir o divórcio. No começo, achei que era obra do inimigo para eu desistir, mas depois fui ficando com medo dele pedir mesmo o divórcio. Continuei o jejum. Um tempinho depois, aconteceu o que eu tanto almejava e orava. Uma amiga minha de outra denominação me convidou para um encontro de casais. Eu nem dei muita importância porque eu estava separada e eu tinha certeza que ele não aceitaria, por que ele estava meio revoltado com a igreja. Mas o Espírito Santo falou ao meu coração: esse é "ob portus" (a oportunidade). Ela me deu um tempo para pensar para depois ela convidar o meu marido. Eu pensei, orei, chorei. Um dia, em minhas orações, eu estava tão ansiosa, chorando tanto, com medo dele não aceitar o convite do encontro que ouvi Deus falando comigo: "Calma, filha. No dia 24 vocês estarão lá". Aí comecei a chorar de alegria porque Deus havia falado claramente comigo. E no fim aceitei. Ela, então, o convidou. Ele ficou meio balançado, mas teve um tempo para pensar. No final do prazo, ela tentou de todas as formas falar com ele para pegar a resposta, se ele iria ou não, mas não conseguiu. Daí ela pediu para eu ligar. Já tinha um tempo que não nos falávamos e eu não queria colocar a minha mão onde Deus colocaria a dEle. Mas decidi: vou ligar. Daí liguei na mãe dele e ele estava lá e logo atendeu. Meu coração gelou. Falei com ele, conversamos e no final ele aceitou. Fomos ao encontro de casais e Deus restaurou nosso casamento lá. 

 

Hoje ele ainda não voltou para os caminhos do Senhor, mas Deus já me revelou que vai depender muito do meu testemunho como uma esposa sábia. Estamos muito felizes, aprendemos bastante e algumas lutas que enfrentamos servem de aprendizado. Às vezes sinto que é Deus querendo me mudar primeiro para depois completar a boa obra na vida dele.

 

Deus é fiel, meus queridos! E aquilo que você coloca no altar do Senhor com fé, Ele é Pai para abençoar Seus filhos. O que Deus fez na minha vida foi muito além do que eu imaginava: Ele me trouxe de Itatiba, onde eu morava; para a Ilha Porchat, São Vicente, em Santos, um lugar maravilhoso junto com o meu marido e já preparou uma igreja maravilhosa para mim; e, em breve, se Deus quiser, para nós.

 

Você que está passando por lutas no seu casamento ou que até já se separou ou divorciou, lute, querido (a)! Creia! Porque tudo é possível àquele que crê e tudo podemos naquele que nos fortalece.

 

Glórias ao teu nome Senhor, hoje e para todo o sempre. Amém.

Cláudia Félix

03 de fevereiro de 2015.

Meu nome é Claudia. Estou separada de meu primeiro marido há doze anos. Neste período, vivi com outra pessoa e tive dois filhos. Um dia, minha nora estava lendo a Bíblia perto de mim (nunca tive curiosidade quando ela estava lendo), mas, naquele dia, parei o que estava fazendo e fui ler Marcos 10 e comecei a ler com ela.

 

Quando me deparei em uma parte que falava que quem repudiasse o cônjuge e se casasse com outra pessoa se tornaria adúltero. Foi um choque! Ela me perguntou se eu havia entendido a passagem. O Espírito Santo me incomodou. Foi aí que ela me entregou verdadeiramente o que Deus queria de mim, mostrando o meu erro. Não acreditei e comecei a chorar e fiquei revoltada, porque já haviam se passado doze anos, com dois filhos envolvidos. Tolo é o homem que confia no homem, porque quando me amiguei com esse homem, eu não era conhecedora da Palavra e muitos pastores falaram para mim que eu deveria me divorciar e me casar na igreja evangélica com esse outro homem. Fui uma pobre, tola e ignorante.

 

Descobri a verdade. Quatro meses se passaram e pensei: “Deus, julga a minha causa. Se for para deixar a pessoa que vivo na ingenuidade, morro com sangue dele em minhas mãos”. Mas não era isso que Deus queria, e sim a salvação dos dois. As coisas então começaram a apertar e incomodar. Foram acontecendo vários fatos, os filhos dele estavam tendo problemas e a filha adoeceu. Nesse momento, Deus havia mostrado que tinha chegado a minha hora. Foi quando ele me ligou do hospital e eu falei para ele que precisávamos conversar. Quando chegou em casa, comecei falar para ele que estávamos no erro, que não havia segundo casamento e que Deus não se agradava de nossa situação. Ele parou, olhou para mim e aceitou porque somos evangélicos e Deus mudou muito ele. Confesso que estava receosa da atitude dele, mas Deus, que transforma situações, consertou tudo entre nós.

 

Fez uma semana que nós vivemos em paz e agora somos irmãos em Cristo. Ainda não me decidi voltar para meu primeiro casamento e, por enquanto, decidi viver apenas para meu Deus.

 

Agradeço a Deus pela minha vida, pela vida do meu irmão e por este Ministério maravilhoso, que livra as almas do inferno. Deus deu uma paz em nosso meio que nem a minha nora acreditou. Mas estou feliz. O SENHOR me livrou do adultério e hoje posso dizer que vivo verdadeiramente para Deus. Que a Paz e a graça de Deus estejam com todos.

Ana Maria

03 de fevereiro de 2015.

DEUS é digno de toda honra e toda glória em relação a todas as coisas! E eu O glorifico por ter estado comigo durante o deserto por que passei e glorifico por estar comigo agora que o meu casamento e minha família foram restaurados por DEUS!

 

Meu testemunho é grandioso, pois foi o grande Criador dos céus e da Terra que consertou tudo de uma forma inimaginável a qualquer ser humano. Realmente foi um grande milagre que DEUS fez e deu para mim, para meu esposo e para a minha família, que foge totalmente ao entendimento humano. DEUS É DEUS e pronto!

 

Não existe impossível para DEUS! ELE é tremendo, poderoso, usa situações e circunstâncias para realizar suas estratégias incalculáveis para nós. Nós não vemos, não sentimos, mas ELE está trabalhando para os que NELE confiam, e de uma forma jamais pensada por nós. Só DEUS é o SENHOR! Só o SENHOR é DEUS! Entreguem, confiem e esperem no SENHOR DEUS, e tudo o mais ELE fará. GLÓRIAS A DEUS! LOUVADO SEJA O NOSSO DEUS! Tudo que DEUS faz é sobrenatural desde a fundação do mundo até hoje e sempre será assim. Basta acreditar e obedecer! O SENHOR DEUS É SANTO!!!

Janaína Tavares

03 de fevereiro de 2015.

Finalmente, amados, estou aqui para compartilhar que Deus é fiel e cumpre o que diz.

 

Passei por um deserto de quase oito meses. Meu marido crente, nascido no lar cristão, de uma hora para outra me chamou e disse que não dava mais pra ficarmos juntos porque não me amava mais. Fiquei sem chão. Após ele sair de casa alguns dias depois, descobri que ele estava com outra mulher, que também era casada e que já alguns meses viam se encontrando. Após essa descoberta, resolvi buscar verdadeiramente Deus e lutar pelo meu casamento, pois não aceitava aquela situação. Ele, nascido no lar cristão, estávamos casados há dez anos, e, em um piscar de olhos, tornou-se desviado e começou a fazer tudo que o mundo oferece e afirmava para todos que não me amava mais e que queria o divórcio. Foi quando, pela graça de Deus, encontrei este Ministério de restauração familiar e, lendo outros testemunhos, cri que Deus também poderia restaurar o meu casamento. Então resolvi me colocar na brecha. Fiquei calada, só orava, jejuava e chorava aos pés de Deus. Ouvia de tudo nesse tempo. Entre idas e vindas, fiquei grávida, mas após 5 semanas perdi o bebê. A outra afirmava que isso era resposta de Deus porque os filhos nasceriam seriam dela. Mas isso me dava mais forças para orar e buscar. Após quatro meses separados, ele voltou para casa, mas ainda continuava bebendo e se encontrando com ela. Eu fingia não saber, apenas orava, pois cria que Deus resolveria aquela situação. E foi isso que aconteceu.

 

Após fazer uma viagem para um congresso de avivamento de quatro dias, quando voltei, ainda no aeroporto, meu marido veio me buscar e me disse que havia voltado para Cristo e que, a partir daquele momento, ele queria uma nova vida.

 

Glória a Deus! Deus é fiel! Hoje, eu e meu esposo estamos novamente buscando o Senhor juntos. Por isso, peço a todos vocês, que estão lendo, que não desistam de seus casamentos. A família nasceu no coração de Deus, e essa é a vontade dEle. Creia! Deus vai restaurar a sua também.

Gabriela Camargo

20 de janeiro de 2015.

A Paz do Senhor, pastor Fernando e a todos os irmãos em Cristo Jesus!
 

Quero deixar aqui o meu testemunho de restauração do meu casamento. Serei eternamente grata a DEUS por essa benção alcançada e pela Sua infinita misericórdia.

 

Fiquei aproximadamente dois meses separada do meu esposo. Nesse tempo, ele se envolveu com outras mulheres, mas não tinha nada fixo com ninguém. Vivia de aventuras e eu sempre insistindo com minhas forças: corria atrás dele, ligava, mandava mensagens, sem falar que eu cometi o erro de sair da minha casa e ir para casa dos meus pais, pois não tinha experiência. Nunca antes passou pela minha cabeça que eu iria passar por isso. É uma ferida na alma, uma dor inexplicável.

 

Agora entendo e sei a dor que JESUS sente quando deixamos seu caminho para aventurar nas coisas do mundo.  Minha família vendo todo o meu sofrimento se comovia, mas sem nada poder fazer, a não ser orar por mim. Foi aí que eu deixei DEUS agir. Comecei a orar, a jejuar e a parar de perseguir meu esposo. Com dor no coração, deixei-o ir e comecei a me colocar na presença de Deus e a me derramar na Sua presença. Foram muitas orações, jejuns, e comecei a louvar em meio à prova.

 

Queridos irmãos, o agir de DEUS me surpreendeu. Sem nem esperar, meu esposo me ligou, me chamou para sair, veio à casa dos meus pais, me buscou e eu senti e vi que ele estava diferente. Mas deixei-o falar. A vez era dele. Foi quando ele me chamou para voltar para casa e recolocou a aliança no dedo. Fiquei tão emocionada, glorifiquei tanto a Deus naquele momento.

 

Amados irmãos que estejam passando pela mesma situação: confiem no Senhor e busquem de todo coração. Derramem-se na presença dEle; peçam para o Espírito Santo mostrar onde vocês erraram e forças e sabedoria para não cometerem os mesmos erros. Lembrem-se: é o Espírito Santo quem convence o homem do seu pecado. O agir de DEUS vai começar primeiro em você, depois no seu cônjuge.
Creiam no milagre e recebam esse testemunho como um ânimo para o seu coração, para que o nome de Jesus seja glorificado a cada dia mais e mais. Tenham fé! A oração de um justo alcança onde não podemos alcançar. E que o seu lar e sua família sejam bênçãos, em nome de Jesus.

 

Hoje estou feliz ao lado do meu marido. A cada dia é um dia novo desafio, mas com Jesus no meio, venceremos. Obrigado a DEUS por este Ministério abençoado! Muito ele me ajudou no meu tempo de deserto.

Sueli

20 de janeiro de 2015.

É com muita alegria no Senhor Jesus que hoje conto o testemunho que Deus restaurou o meu casamento.

A ELE toda honra, louvor e glória.

 

Foram quase três meses de muita luta. Peço que tenham um pouquinho de paciência, pois o testemunho é longo, mas vai valer a pena. Aprendi muito nesse vale de sombra e morte que passei e quero que você, que está lendo agora, aprenda e entenda o que está acontecendo com você também.

 

Bem, tudo começou há três meses antes da separação. Comecei a ter uma impressão, no meu espírito, que tinha algo oculto em relação ao meu marido, mas não falei nada, só orei. Passados alguns dias, tive um sonho que nosso quarto estava bagunçado e que eu procurava o telefone de uma mulher no celular dele. Só que nunca fiz isso, nem antes nem depois do sonho.  Aí fui falar para ele sobre o sonho, e se ele tivesse alguma coisa para me contar, que ele contasse. Ele ficou bravo e não admitiu nada. Eu continuei orando até que ele começou a ficar estranho comigo, e eu, sem sabedoria alguma, mandei meu marido embora de casa, pois já havia feito isso algumas vezes, e ele sempre voltava depois de uma semana. Passaram quinze dias, ele me mandou uma mensagem que queria me ver. Encontramos-nos e voltamos num sábado à noite. Na segunda seguinte, ele se foi novamente. Fiquei com muita raiva dele e não falei mais com ele por uns dez dias e nem ele comigo. Até que fiquei sabendo que ele estava com outra. Fiquei muito irada. Queria fazer o divórcio, só que ele disse que não queria. Eu insisti e falei mal dele para todo mundo, inclusive para a família dele. Só Deus não teve esse desprazer de ouvir. Ele ficou mais bravo comigo ainda e concordou com o divórcio. Aconteceu que nunca dava certo. Até que um dia Deus me disse: “Hoje mesmo vou começar tocar no coração dele para arrependimento”. Comecei a chorar falando com Deus que eu mão queria ter esperança vã. Aí comecei a me lembrar que antes de tudo isso começar, eu estava orando e Deus me disse que estava permitindo aquilo acontecer, pois Ele iria transformar os dois, porque Ele tinha coisas grandes para nossas vidas. Então pedi um sonho em pensamento para Deus e Ele me deu. Sonhei que estávamos em dois caminhos, eu virei à direita e ele continuou para frente. De repente, olhou para trás e disse: “espere só um pouquinho que já volto”. E Deus me disse: “ele já volta”.

 

Amados, o pior vem agora: começou a me dar uma tristeza tão grande no meu coração, uma dor terrível, um sentimento de luto, pois já senti isso antes. Perdi um filho em um acidente (eu conheço essa dor). Não entendia. Nós já havíamos passado por coisas piores que isso. Não é primeira vez que ele me fazia esse tipo de coisa e por isso que as coisas chegaram ao ponto que chegaram. Era muita mágoa e Deus queria me tratar nisso. Então Deus me jogou quatro dias e quatro noites na cama doente da alma. Ali começou minha libertação. Por misericórdia, Deus me disse: “você está tão agitada que não sabe nem orar como convém. Comece a ler os Salmos e ore neles”. Passei esses dias chorando, orando nos salmos e jejuando ali. Deus começou a me mostrar meus erros, onde eu tinha falhado com meu marido. Meu marido errou por muitas vezes e se arrependeu. Eu achava que tinha o perdoado, mas não era verdade. Ele tentou me amar só que eu pisava nele, era fria com ele. Se eu fosse contar aqui o que eu fiz, teria que escrever um livro. Nesse tempo, Deus me deu uma visão de palavra de sabedoria e conhecimento. Deus sempre esteve no controle e depois de passar pelo quarto e Deus dizer que era para eu não falar mal do meu marido, eu achei este Ministério de Restauração Familiar que me ajudou muito. Este Ministério é obra do SENHOR DEUS, saibam. Minha vida então mudou completamente.

 

Você que está passando por isso, existem três princípios que você deve seguir: 1) colocar Deus em primeiro lugar; 2) edificar teu casamento na Rocha; 3) se teu marido for embora, deixá-lo ir. Não se preocupe que ele voltará. Deus trará de volta. E não se desespere porque isso não ajuda em nada.

 

Mesmo que tudo em volta diga que não tem mais jeito, mesmo que ele ou ela fale que não ama mais, é mentira do diabo. Satanás vai levantar pessoas (até parentes) para dizer que não tem mais jeito. Minha família chegava para mim para dizer que ele não voltaria. Um dia eu respondi: “vocês falam isso porque não é vocês que passam a noite chorando sem dormir”.

 

Hoje meu querido marido está em casa. Deus me deu a vitória. Ele só não voltou para Jesus ainda, mas Deus disse que vou ganhar meu marido com meu testemunho e que se ele não voltar por amor, ele voltará pela dor. Não quero que isso aconteça. Só que Deus tem o jeito dEle de trabalhar.

 

Amados, nunca desistam de seu casamento. Ele é projeto de DEUS. Eu quis desistir também. Saibam que ninguém tem autoridade no corpo do seu cônjuge, só você. Então sigam confiantes em Deus e peçam para Deus para ninguém tocar no corpo dele ou dela. Peçam de volta o que é de vocês. Nós temos armas poderosas e não as usamos. Confiem e não desistam! Esperem a tua vitoria que não vai demorar. Creiam em Deus!

 

Deus continue com as Suas mãos sobre este Ministério tão abençoado, que tem sido um canal de edificação do povo de Deus e abençoe mais e mais o Pr. Fernando César. 

Lucinet Oliveira

20 de janeiro de 2015.

Olá, Pastor Fernando!!

Estou enviando esse e-mail para informar que este seu site me ajudou muito, enquanto esperava a restauração do meu casamento. Sempre lia e cria nos e-mails que o senhor me encaminhava.

 

Graças a DEUS, ELE restaurou o meu casamento, que estava destruído há 6 meses. Chegamos até a nos divorciarmos, mas nunca desisti do sonho de restauração. Por isso, o Senhor me honrou.

Toda a honra e glória sejam dadas ao Senhor DEUS.

 

Quero dizer que esse seu trabalho é muito importante. Que o Senhor Jesus continue abençoando a sua vida e família. Sempre tenho orado pela sua vida e vou continuar lendo seus e-mails e demais publicações.  

Sara

13 de novembro de 2014.

Queria testemunhar para todos o que Deus fez na minha vida.

 

Sou casada e há uns 2 meses meu marido não quis mais continuar casado comigo. Decidi ir para casa da minha mãe, onde lá fiquei orando. Meu esposo teve outra pessoa, começou a beber e até chegou a fumar. Achei que não tinha mais volta, pois ele parecia bem com quem estava, mas tudo começou a mudar. A menina que estava com meu esposo se separou dele e começou a frequentar a igreja. Os dias foram passando e coisas foram acontecendo. Deus sempre me falava o que iria acontecer. Antes de acontecer através de sua palavra, certo dia vi, no meu Facebook, uma solicitação de amizade. Quando vi quem era me espantei: era ele. Demorei mas aceitei. Logo que aceitei ele começou a conversar, pedindo desculpas por tudo o que tinha me feito. Falei com ele, mas nem imaginava o que iria acontecer.

 

No terceiro dia que estávamos conversando, eu saí com amigos e ele me disse que também estaria na rua, que, se eu quisesse conversar com ele, só era procurá-lo. Não dei muita ideia, não. Porém, ele me disse que iria me ligar.  Também nem esperei isso, mas quando foi lá pelas 9 horas e 15 minutos da noite, ele ligou para nos encontrarmos e conversarmos. Lembrado que antes de eu sair de casa orei a Deus e pedi que se fosse me entristecer mais meu coração que não me deixasse encontrar com ele. Mas era Deus em tudo isso. Conversamos e ele me pediu perdão e me disse coisas que não imaginava ouvir.

 

Voltamos nesse dia para honrar o nome do Senhor e estamos muito bem. Ele voltou muito diferente comigo. Estamos vendo agora a nossa casa para morarmos juntos de novo. Inclusive, ele já tinha até pedido a separação judicial, mas decidimos anulá-la. Deus é fiel! E todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam o SENHOR.

Eliane

12 de novembro de 2014.

A paz, irmãos!

Meu desejo inicial é que Deus, nosso Pai misericordioso, venha trazer paz e bom ânimo a todos que, assim como eu, buscam forças nesses testemunhos para continuar lutando.

 

No final de fevereiro de 2013, meu marido pediu a separação. Nesse momento, ele dizia que eu havia matado o que ele sentia por mim. Não me falava bom dia, boa noite, não conseguia me olhar ou falar comigo. O  único desejo dele era me machucar.

 

Graças a algumas pessoas com as quais eu conversei, Deus me mostrou que eu deveria lutar pelo meu casamento. Decidi me aproximar de Deus como nunca havia feito. Coloquei o SENHOR em primeiro lugar na minha vida, permiti que Ele me moldasse como ser humano, filha, dependente dEle e como esposa. Coloquei a minha causa nas mãos do PAI. Entreguei, de fato, meu casamento em Suas mãos; consegui enxergar que eu deveria mudar, que meus conceitos e minha postura deveriam mudar; que eu deveria deixar o Senhor fazer a obra em mim.


Foram muitos meses de muita luta, sofrimento, de momentos, nos quais, eu imaginava que desistir era o melhor caminho. Mas sempre que eu pensava em desistir, Deus me mostrava que eu deveria prosseguir, deveria acreditar porque Ele é Fiel. A promessa foi feita por Ele. A minha parte era continuar acreditando, lutando, orando, jejuando, ficando firme na dependência de Deus porque somente Ele é digno de toda honra e toda glória e apenas ELE poderia realizar o milagre.

 

Quando meu esposo pediu a separação tínhamos apenas um ano de casados. Foi como se eu nunca tivesse existido para ele. Chegou a se envolver com outra pessoa que, aliás, mora muito próximo a nossa casa. Parecia estar apaixonado por ela, ficando muito agressivo comigo. Certa vez, quase me bateu. Mas eu não desisti. Não deixei a nossa casa, não fui atrás dele, não o procurava e nem falei com a pessoa com a qual ele se envolveu. Não briguei, não fiz questionamentos. Falava com ele quando ele falava comigo; procurava tratá-lo bem, com respeito, com carinho sempre que ele me abria espaço. E sempre, a todo momento, estava em oração, de dia, de tarde, à noite, no trabalho, no metrô etc. Pedia que o Senhor Jesus me guiasse, me desse forças, bom ânimo, que iluminasse a minha oração, porque, às vezes, até orar era difícil. Meus pedidos eram sempre atendidos. O primeiro de todos foi: Senhor, não permita que eu me desespere a ponto de perder o sono, de não conseguir dormir. Para mim isso era horrível, me trazia pensamentos ruins. E o Senhor me atendeu. Glória ao Senhor!! Não fiquei uma única noite sem dormir!!
 

Minhas orações foram guiadas pelo Senhor, eu pedi que Ele me colocasse no lugar de esposa novamente, que me apresentasse ao meu esposo como esposa dele de novo, que ele me percebesse assim novamente. E o Senhor Jesus, mais uma vez, me atendeu. Meu marido precisou de mim, viu que eu era sua companheira. Algum tempo depois, eu senti que deveria pedir que meu esposo e a pessoa com quem ele se relacionava que fossem afastados do pecado do adultério. Tudo foi sincero, de coração. Assim, Deus colocou esse desejo em meu coração e quando eu pedi Ele realizou mais uma vez!!


O Senhor faz a obra não da maneira como pedimos ou achamos ser a mais correta. Ao invés de o meu esposo se afastar dela, foi ela quem se afastou dele. Assim meu marido tem se aproximou de mim cada dia mais. Faz aproximadamente 3 meses que voltamos a dividir a mesma cama. Ele voltou para casa. Estamos nos aproximando aos poucos. Ele não conseguia me chamar da mesma maneira carinhosa quando me chamava antes da separação. Mas hoje em dia já consegue, é espontâneo e lindo.

 

Espero que esse testemunho dê forças a todos os irmãos e irmãs para que fiquem firmes na fé. Coloquem suas causas nas mãos do Pai e deixem Ele cuidar de vocês: sarar, consagrar, santificar. Fiquem na dependência do Pai porque Ele não falta e nem desampara.

 

Não tenho palavras para dizer o quanto sou grata Senhor Jesus.

 

Senhor, toma conta da minha vida, entra no meu lar, me molda, dá-me um coração semelhante ao Teu, faz-me ver Tua presença em minha vida todos os dias. Lembra-me diariamente que só posso depender de Ti, que és digno de toda honra e glória. Tu és bom e de misericórdia infinita, porque não sou digna Senhor, jamais serei, mas Creio na Tua benevolência e piedade.

 

A paz irmãos!!

Roger Saldanha

03 de novembro de 2014.

Há oito meses, procurei este Ministério em busca de uma ajuda, pois meu casamento tinha chegado ao fim.

 

Bem, somos um casal jovem, eu 26, ela 25. Quando aconteceu esse fato, eu estava no fim de meu tempo no Exército, onde era cabo temporário e estava no fim do meu sétimo ano na força.

 

Quando nos conhecemos, foi paixão, amor, tudo de bom. Namoramos e logo nos casamos. Ela sofreu um problema sério de saúde e quase morreu. Entregamos a nossa vida a Jesus no hospital, quando aconteceu o primeiro milagre: ela estava morta e Jesus a salvou e salvou a mim também. Eu não cria em nada disso e, naquele dia, presenciei o milagre de Deus.

 

Eu era um cara de festa, bebida, pagode e muita farra. Aquele dia, percebi e enxerguei quanto mal eu fazia aos olhos de Deus.

 

Depois que ela saiu daquela situação, concluí que ela era a mulher da minha vida e que nunca iríamos nos separar. Começamos a ir a um templo, mas não foi assim que as coisas andaram entre nós. Conforme o tempo foi passando, algumas pessoas entraram em nossas vidas e começamos a retomar o gostinho pelas coisas do mundo. O diabo foi nos cegando novamente. O diabo estava furioso com a nossa vida com Deus, em especial com uma mulher que Jesus salvou da morte e um homem que já estava nas mãos do SENHOR. Ele não deixaria fácil assim. Então comecei a perceber que satanás estava tentando nos enganar e comecei a chamá-la para voltarmos para a igreja, mas já era tarde. Ela estava cega, já não sentia mais vontade de ir à igreja e comecei a perceber que ela começou a se afastar de mim. Começou a conhecer novas amigas, que começaram a chamá-la para festas e ela começou a sentir vontade de ir nesses lugares, mas não ia por estar casada comigo.

 

Então começaram as brigas, ofensas e nos desgastamos, sofremos, até que ela decidiu ir embora de casa, “tocar a vida dela”. Mas foi aí que ela se enganou. No princípio estava tudo bem. Sentia-se livre para curtir o que ela queria, curtir “a vida” e eu sofri muito, sentia muito a falta dela. Muitas vezes, eu via as fotos dela no Facebook em festas, curtindo uma falsa alegria, falsos amores e as travessuras do diabo. Por muitas vezes desisti, mas aí, quando ela estava na pior, ela me procurava. Quando estava triste me procurava, e comecei a me achar um “trouxa”, usado.

 

Foi quando comecei a orar a Deus e a pedir a DEUS que, se ela fosse para ser minha, que o SENHOR a transformasse e a trouxesse para mim toda transformada, assim como eu também precisava de transformação. Foi quando Deus silenciou e começou a trabalhar. As coisas começaram a piorar, ela começou a se afastar mais e mais, mas aí quando achava que Deus não nos queria mais juntos, ela vinha com algum problema pedindo minha ajuda e parecia que meu mundo desmoronava outra vez.

 

Certo dia, ela me ligou e disse que não tinha nem o que comer. Então eu fui e dei comida a ela. Deus começou a confirmar em meu coração que era tudo questão de tempo e que Ele estava trabalhando e que iria fazer uma história linda de amor para nós.

 

Decidi, pelos conselhos que recebi, me afastar e só passei a orar por ela. Mesmo sabendo das farras dela, orava a Deus para ela não ir longe demais, e, quando ela precisava de mim, eu estava ali no mesmo lugar de sempre, mas vivendo e levando minha vida e os projetos de Deus para minha vida.

 

Deus, nesse tempo, abriu portas de emprego na minha vida, e, de repente, em um dia, ela chegou a mim e falou que queria o divórcio. Depois que me posicionei, tudo aconteceu o contrário e eu não entendi mais nada. Mais uma vez meu mundo estava no chão e perguntei a Deus se era isso que Ele queria, mas Ele silenciou.

 

Certo dia, um casal de amigos nossos, com os quais sempre saíamos juntos, ligou para ela para combinar de fazer algo como casais e eles falaram que queriam a minha presença. Falei que podia ser na minha casa. E assim fizemos. Mas Deus nos surpreende mesmo. Eles começaram a ver um vídeo do chá-de-panela meu e da minha esposa, e, nesse momento, comecei a sentir um sentimento rolando no coração dela novamente. Senti Deus falando com ela àquele momento. Bem, na outra semana, eu iria me batizar nas águas e ela decidida ainda a se divorciar de mim. Convidei-a a se batizar e a mesmo disse que não estava preparada. Mas a convenci. Batizamo-nos. Mesmo separados, nos batizamos juntos. Deus sempre me dando forças para continuar. E o fim foi simples.

 

Certo dia ela me ligou e me perguntou se eu queria me separar dela e eu falei que não. Então ela se virou para mim e pediu perdão com os olhos cheios de lágrimas e disse que tinha descoberto que eu era e sempre fui o homem da vida dela.

 

Hoje estou aqui muito agradecido por esse Ministério para testemunhar uma história que foi refeita pelas mãos de Deus. Tudo para a glória dEle.

Nataniele

10 de outubro de 2014.

Nem sei como começar porque são tantas bênçãos que não sei nem por onde inicio contando tudo que Deus fez.

 

Mas, enfim, vou começar contando como aconteceu tudo. Em maio de 2013, eu e meu esposo tivemos uma discussão feia e eu fui para casa dos meus pais e ele pra casa dos pais dele. Ele estava desempregado e nós temos uma filhinha que, na época, tinha apenas 2 meses . Eu, por minha vez, era muito briguenta, rixosa, e adorava ser a ”tal”. Nunca fui submissa à autoridade que Deus deu a ele como ”cabeça” do lar. Achava que isso me rebaixaria e ele pisaria em mim. Esse foi um dos meus erros porque está escrito na Palavra de Deus: “Vós mulheres sede submissas aos vossos maridos como convém no Senhor”.  É a Palavra de Deus que está dizendo e se ela está dizendo devemos cumpri-la; certo? Pois, então, eu não cumpria e, automaticamente, andava em desobediência ao Senhor.

 

Dessa forma, começou uma sucessão de erros. Eu brigava muito com ele, não buscava ao Senhor, tinha uma arrogância espiritual, achando que eu estava no centro da vontade de Deus (coitada! Pura religiosidade) e que ele é que estava sempre errado. Eu tentava mudá-lo com minhas próprias mãos, querendo fazer o papel que cabe somente ao Espírito Santo. E, na Palavra do Senhor também diz que a mulher sábia ela edifica o seu lar, porém a tola destrói com suas próprias mãos; e eu destruía o meu.
 

Então Deus me chamou para entrar nesse deserto que seria para Ele me lapidar. Como doeu. Fui machucada, humilhada, caluniada, fui ao mais profundo do poço, mas é lá, no fundo do poço, que perdemos o nosso orgulho e que reconhecemos que somos totalmente dependentes do Senhor. Meu marido, quando estava na casa dos pais, começou a sair com os amigos (mesmo que da igreja, mas todos solteiros), e eu tive que ir para a casa dos pais dele, pois tinha que trabalhar naquela cidade para cumprir minha licença maternidade e depois sair (pois antes nós morávamos lá naquela cidade) e aí começou uma humilhação atrás da outra.


Ele saía à noite e me deixava sozinha com a nossa bebê. Nem olhava na minha cara e, quando olhava, era só para me xingar e brigar. Ele sentia raiva de mim e nem da nossa filha ele queria saber.

 

Não me dava 1 real para nada e eu tinha que trabalhar para me manter e manter minha filha, mas mal sabia eu que era o trabalhar de Deus na minha vida para me moldar. Depois de um tempo, meu marido começou a me pedir o divórcio todos os dias. Dizia que se arrependia de ter se casado comigo e que não me amava mais.

 

Após uns dias passados, descobri que ele estava me traindo com uma moça. Vi os dois dentro do nosso carro e voltei para casa em desespero porque ele sempre dizia que JAMAIS ME TRAIRIA (antes ele achava que isso era algo que não merecia perdão). Mas assim ele o fez porque Deus permitiu.

 

Então fui embora para casa dos meus pais e sofri muito. Ele nunca ligava, só me desprezava e estava esfregando na minha cara que estava feliz com a vida de solteiro e que estava bem com a OM (outra mulher). Enfim, não posso descrever como me sentia, mas o Senhor faz a ferida e Ele mesmo a sara!
 

Deus nunca me deixou faltar nada nesse período. NUNCA! Ele não me mandava nada nem para minha filha. Quando cheguei à cidade dos meus pais (uma cidade onde se trabalha sábados, domingos e feriados), Deus me abençoou com um emprego que eu não queria, pois não aceitava aquela situação; de segunda a sexta, no qual meu patrão era o presbítero da igreja dos meus pais, e, desde então, Deus começou a me mostrar o Seu amor e seu cuidado por mim.

 

Nesse emprego eu tinha bastante tempo livre na Internet e comecei a pesquisar sobre restauração familiar. Ffoi quando Deus me conduziu ao Ministério do Pr. Fernando César, o qual me ajudou muito e abriu meus olhos para eu compreender que aquilo era uma batalha espiritual e que minha luta não era contra meu esposo, mas contra os espíritos malignos que estavam nele…


Fiz 30 dias de jejum e oração na madrugada me quebrantei diante do Senhor, e o Espírito Santo me mostrou todos os meus erros (como foi doloroso, mas lindo). Comecei a clamar ao Senhor para que resgatasse meu esposo daquele poço de destruição, e eu não via absolutamente nada de bom acontecer e isso foi me entristecendo. Mas o Senhor me renovava a cada dia. Dias e mais dias se passavam e só noticias ruins que ele estava bem, estava feliz e eu lá em prantos clamando por ele e pela nossa família. Mas ainda tinha um longo processo pela frente: eu precisava querer somente o Senhor. Foi quando Deus me deu aquela Palavra que diz: ENTREGA O TEU CAMINHO AO SENHOR, CONFIA NELE E ELE TUDO FARÁ! Assim eu entendi que era preciso eu reagir, me entregar ao Senhor, pois ele me prometia que se assim eu fizesse e confiasse somente nEle, o restante Ele faria.

 

Foi quando recebi uma profecia para preparar o meu coração, que alguém me pediria perdão e eu teria que estar pronta para perdoar. Que felicidade!! Deus falou, está falado, e pronto! Descansei no Senhor, mas o inimigo é sujo e não descansa. Fazia-me desanimar, olhar para as adversidades, me fazia ver só as coisas ruins, pois diferentemente do nosso Deus, ele não é criativo. Deus trabalha às escondidas porque Ele quer que vejamos com os olhos da fé, pois sem fé é impossível agradar a Deus. Além do mais, é a nossa fé que nos faz alcançar o impossível. No começo foi um passo bem difícil, mas depois Deus vai te ajudando a viver de fé em fé, de glória em glória e, depois, a gente aprende a perseverar, voar por cima das tempestades pela força da nossa fé. Começamos a compreender que Deus é o mais interessado em restaurar para que TODOS vejam a glória dEle através da nossa vida e da nossa casa.
É mais ou menos assim: Deus faz o ANTES e o DEPOIS , enquanto estamos vivendo no antes. É dolorido, é dificultoso, mas é o próprio Deus nos moldando e cuidando de nós com seu infinito amor.


Meu deserto durou muitos meses e foram muitas e muitas lutas, mas, em pequenos detalhes, Deus foi aperfeiçoando a mim e trabalhando nele no silencio. Depois que eu aprendi a acalmar meu coração e esperar no Senhor. Comecei a querer saber mais de Deus, a buscar a vontade dEle para minha vida as coisas começaram a fluir. Ele começou a ligar para saber da filha (eu coloquei no lugar do nome dele no celular a frase: DEUS ESTÁ TRABALHANDO porque cada vez que tocava eu lembrava que era o trabalhar de Deus).  

 

Ele começou a nos visitar após 2 meses sem ver a menina e começou a se interessar a mandar dinheiro. Depois começou a falar que estava doente, triste, enfim, eu acompanhava, passo a passo, o trabalhar de Deus.
Resumindo, eu sempre dizia ao Senhor: se for da tua vontade não deixe que passe mais tempo essa situação.


Lutei mais 40 dias de jejum e oração, e, logo em seguida, tive que ir para casa dos pais dele para verem nossa filha. Num certo dia, jejuei e orei muito ao Senhor que não permitisse que eu fosse maltratada por ele como das outras vezes. E, dessa vez, foi diferente: DEUS me mostrou o DEPOIS me levou lá para completar a obra. Naquele mesmo lugar onde eu saí humilhada com minha filha nos braços e chorando indo em direção a casa dos meus pais, naquele mesmo lugar o Senhor me exaltou, meu esposo me esperava feliz na rodoviária, colocou minhas malas no carro (e eu pensando que precisava ir ao supermercado comprar umas coisas. Mas jamais vou pedir para ele, pois ele me humilhava e xingava muito quando eu pedia pra sair junto com ele). E quando entrei no carro ele me disse: vamos lá em casa que eu vou trocar de roupa e vamos ao supermercado comprar umas coisas para nós. Quase morri, irmãos! Aquele fim de semana foi uma sucessão de bênçãos e milagres. Eu via ali, na minha frente, o resultado de cada lágrima, de cada oração, de cada pedido…

 

DEUS É FIEL! Quando foi no sábado a noite (eu iria embora no domingo a tarde pra cidade dos meus pais), incrivelmente quando estávamos completando 1 ano e 8 meses de casados), ele me olha e diz: “não vá embora”. Eu retruquei ainda: “preciso ir porque segunda-feira eu trabalho”. E ele me disse: deixa tudo para lá, e eu falei: “só vou deixar quando você me quiser de volta”. Ele respondeu: “é isso que estou de dizendo, fica aqui comigo, não vai nunca mais embora”. Ali chorei, mas não pelo que ele me disse, mas porque eu vi na minha frente o resultado do preço que eu paguei. DEUS FEZ INFINITAMENTE MAIS do que eu pedi.

 

Conversamos bastante e ele me pediu perdão. Disse que mentiu quando disse que não me amava, que estava doente porque ele sentia a falta da nossa família, que nós éramos uma família e que isso era o mais importante na vida dele, que ele não consegue mais viver sem nos ter ao seu lado; enfim, tudo que eu sonhei em ouvir, ouvi e disse para ele: FOI DEUS QUE TE TROUXE PRA MIM ASSIM!


Ainda me sinto anestesiada. Parece que não é verdade. É muita bênção. Simplesmente TODAS as minhas orações, Deus ouviu, irmãos!

 

Pra mim o segredo da vitória é: CONFIAR, DESCANSAR, ENTENDER OS PROPÓSITOS DE DEUS, PERSEVERAR E OLHAR SOMENTE PARA O SENHOR. Fazendo isso a vitória é certa.


Espero ter ajudado a cada um de vocês pois eu sempre lia, relia e me fortalecia na presença de Deus com esses testemunhos e estudos. Enquanto eu digito parece que estou sonhando porque sabe aquele ditado ”quando a esmola é demais o santo desconfia?”. Pois é, mas com DEUS é diferente: Ele faz tudo tão perfeito que nos deixa sem ação.

Sempre disse ao SENHOR: Ainda vou dizer que valeu a pena. Hoje eu digo: Irmãos, NÃO DESISTAM PORQUE VALE A PENA! VALE MUITO A PENA!

 

Continuemos orando umas pelas outras para que Deus nos fortaleça para vencermos em nome de JESUS!